17 fevereiro 2020, 21:35
O Fokker que caiu, número UP-F1007, da Bek Air, é visto nesta foto em Almaty, Cazaquistão, no dia 8 de junho de 2018. Foto: Damir Kagarmanov/Reuters

Avião se choca com edifício, cai e mata 15 pessoas

Um avião chocou-se hoje (27) contra um edifício de dois andares em Almaty, no Cazaquistão e provocou a morte de 15 pessoas, deixando mais de 60 feridas. O aparelho, um Fokker 100, levava 100 pessoas e o acidente ocorreu logo após a decolagem.

No início da manhã, o avião da empresa Bek Air saiu do aeroporto da cidade de Almaty, com destino a Nur-Sultan. De acordo com o Comité de Aviação do Cazaquistão, o avião perdeu altitude logo depois de ter levantado voo. Ele bateu em um muro e em seguida em um edifício de dois andares.

No aparelho estavam 93 passageiros e cinco tripulantes, destes, pelo menos 15 ficaram mortos. Socorristas foram ao local da tragédia para atender os sobreviventes e para facilitar o trabalho da equipe, soldados criaram um cordão de isolamento.

Em declarações ao site Tengrinews, um dos sobreviventes descreveu o ambiente dentro do avião antes do acidente. Ele disse ter ouvido um “som horrível” antes do aparelho começar a perder altitude. O avião começou a voar de forma inclinada e os passageiros, segundo relatos, começaram a gritar e a chorar por temer o pior.

O presidente Kassym-Joamrt Tokayev anunciou que o ocorrida será alvo de investigação governamental. Todos os voos previstos no Cazaquistão com os aparelhos Fokker 100, da Bek Air, foram suspensos em razão da tragédia. Depois de ter tido conhecimento do acidente, o governo cazaque ofereceu condolências às famílias enlutadas e afirmou que os responsáveis “serão severamente punidos de acordo com a lei”.

(Texto: Julisandy Ferreira com Agência Brasil)

Veja também

Japão confirma primeira morte por coronavírus

O ministro da Saúde do Japão, Katsunobu Kato informou nesta quinta-feira (13) o primeiro caso …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *