24 fevereiro 2020, 13:00
Crédito: Divulgação/Defensoria Pública de MS

Defensoria Pública terá prédios próprios em quatro cidades

A Defensória Pública de Mato Grosso do Sul terá, até o fim do ano que vem, quatro sedes próprias da instituição no Estado. A primeira a ser entrega foi da comarca de Três Lagoas. O novo prédio do município, distante 334 km de Campo Grande, foi inaugurado nesta sexta-feira (13) e, durante o evento o defensor público-geral, Fábio Rogério Rombi da Silva, anunciou a construção de mais três prédios para o ano que vem e ressaltou que os recursos utilizados para as obras são do Funadep (Fundo Especial para o Aperfeiçoamento e Desenvolvimento das Atividades da Defensoria Pública).

“No primeiro semestre do ano que vem, iniciaremos a obra da Defensoria Pública da comarca de Paranaíba e, no segundo semestre, começaremos na comarca de Corumbá e de Dourados, todas elas patrocinadas pelo fundo especial de aperfeiçoamento e desenvolvimento da Defensoria, assim como o prédio de Três Lagoas. O Funadep é formado pelo recebimento dos honorários de sucumbências, recursos das condenações que as pessoas, as empresas, enfim, pagam a Defensoria quando a tese sai vitoriosa no processo judicial e também das taxas cartorárias”, assegura.

O novo prédio de Três Lagoas é a primeira sede própria da Defensoria em Mato Grosso do Sul. A sede possui área total de 846,51 metros quadrados e o custo da obra foi de R$ 2,8 milhões. Neste ano, a Defensoria do município já fez mais de 13 mil atendimentos, conforme a coordenadora da 10ª Regional da Defensoria Pública, defensora pública Rita de Cássia Vendrami Pusch de Souza. Ela define o novo espaço como uma conquista para população de Três Lagoas.

“Pelo número do IBGE [Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística] 2019, a população de Três Lagoas é de 121.388 e a Defensoria Pública de Três Lagoas, por sua vez, no ano de 2019 até o momento, realizou 13.675 atendimentos. Esses números mostram que mais de 11% da população de Três Lagoas recebeu atendimento da Defensoria, sendo que muitos desses atendimento foram resolvidos extrajudicialmente”, declara.

(Texto: Rafaela Alves)

Veja também

Veja alguma dicas sobre uso seguro de energia durante o carnaval

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), juntamente com as agências estaduais conveniadas, como a …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *