26 setembro 2020, 9:12
Foto: Uol

Greve na França causa congestionamentos e paralisações

O quinto dia de greve na França contra a reforma da Previdência, causou nesta segunda-feira (9) centenas de quilômetros de engarrafamentos e caos nos transportes públicos de Paris.

De acordo com informações da Veja, nove das 15 linhas de metrôs da capital francesa estavam completamente fechadas e apenas duas, 100% automatizadas e que circulam sem condutor, funcionavam normalmente.

Devido à isso, foram registrados 600 km de engarrafamentos, o número é três vezes acima do normal. Além disso, sete das 25 garagens de ônibus de Paris amanheceram bloqueadas por grevistas: apenas um terço dos veículos saíram às ruas.

O sindicato convocou uma nova jornada de greve e manifestações para terça-feira (10). A mobilização é um protesto contra um “sistema universal” de aposentadorias, que pretende substituir os atuais 42 regimes de aposentadoria existentes (geral, de funcionários públicos, setor privado, especiais, autônomos, complementares).

Ainda nesta segunda-feira, o presidente Emmanuel Macron receberá os principais ministros de seu gabinete para concluir os detalhes do projeto, que, segundo os influentes sindicatos do país, obrigará os franceses a trabalhar por mais tempo para receber uma pensão menor.

(Texto: Jéssica Vitória com informações da Veja)

 

Veja também

Heber Xavier renuncia presidência da Santa Casa

Heber Xavier, agora ex-presidente da Santa Casa de Campo Grande anunciou nesta sexta-feira (25) sua …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *