15 julho 2020, 19:07
Crédito: Pixabay

Em semana de recordes, Ibovespa ultrapassa 111 mil pontos

Em mais um pregão desta sexta-feira (06), o principal índice de referência do mercado acionário brasileiro, o Ibovespa, encerrou em nova máxima histórica. Já para a moeda norte-americana, o dia foi razoável, fechando em queda de pouco mais de 1%, na mais intensa desvalorização em seis semanas.

No fechamento do mercado interbancário, o dólar recuou 1,02%, ficando a R$ 4,1455 na venda. O patamar de encerramento é o menor desde 11 de novembro (4,1428 reais na venda).

Na semana, o dólar acumulou depreciação de 2,24%, mais do que apagando a alta de 1,14% da semana anterior.

IBOVESPA

Encerrando uma semana marcada por recordes e evidências de melhora no ritmo da economia brasileira, o Ibovespa subiu 0,51%, a 111.183,80 pontos, máxima de fechamento. O volume financeiro do pregão alcançou R$ 16,4 bilhões. Na semana, o Ibovespa acumulou alta de 2,7%.

(Texto: Izabela Cavalcanti com informações de Reuters)

Veja também

Ministério mantém projeção de queda do PIB em 4,7% em 2020

O Produto Interno Bruto (PIB), soma de todos os bens e serviços produzidos no país, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *