12 dezembro 2019, 1:52
Crédito: Nilson Figueiredo

Ação de segurança para área central de CG será permanente

50 agentes realizam o patrulhamento preventivo e mais 17 câmeras serão instaladas na 14 de julho

Metade dos agentes da GCM (Guarda Civil Metropolitana) que realiza o patrulhamento preventivo a pé na nova 14 de julho estão armados. Ao todo, 50 guardas vão atuar diariamente na operação “Campo Grande Mais Segura”, uma das iniciativas do Plano de Segurança da Guarda Municipal que será permanente. A ação teve início no dia 18 de novembro e, além do armamento, a Praça Ary Coelho vai ganhar um posto de operação. Todos os detalhes do plano foram anunciados nestasegunda-feira (2).

O secretário da SESDES (Secretaria Especial de Segurança e Defesa Social), Valério Azambuja, explicou como será feito a ronda por parte da GCM. “O patrulhamento será feito de forma mista, parte armada e parte não armada. A legislação é clara, a Guarda Civil uniformizada e armada para o trabalho preventivo ostensivo, isso está previsto em lei federal e no estatuto recém aprovado pela câmara municipal que dá essas atribuições para a Guarda”, pontua.

Além dos agentes, 10 viaturas, entre carros e motocicletas, fazem parte da ação. Serão instaladas ainda 17 câmeras de monitoramento na Rua 14 de julho. As imagens das novas câmeras e das 22 já existentes no quadrilátero central serão monitoradas 24h por agentes no novo núcleo da GCM, na praça Ary Coelho, que contará com 8 agentes e duas motocicletas. De acordo com o titular da pasta, em 15 dias, o container estará funcionando. “Esse núcleo permanente era um pedido antigo dos comerciantes, tanto que firmamos uma parceria com a Associação Comercial e eles cederam o containers e nós estamos colocando toda a estrutura logística para atender a área central”, garantiu.

A operação não ficará só no centro da Capital, será levado mais segurança também para demais regiões de Campo Grande. O prefeito Marquinhos Trad assegura que não existe a hipótese de retirar o contingente dos bairros. “Todos os efetivos do bairro estarão mantidos e também serão intensificados no mês de dezembro, dentro da possibilidade da Guarda”, afirma.

De acordo com a GCM, desde quando começou a operação, os agentes já fizeram três flagrantes de roubo e furto e essas ocorrências foram encaminhadas para Depac (Delegacia de Ponto Atendimento) do Centro. Foram feitas ainda realização de diversas contenções, principalmente, de usuários de drogas e pichadores. “Essas pessoas foram contidas para evitar justamente que todo esse investimento na área central, em pouco tempo, acabe virando dinheiro jogado fora, o que não é a ideia do município. Além da prevenção da segurança, a manutenção para que a população venha e possa usufruir uma coisa que é dela”, afirma Azambuja.

Guardas até meia-noite na nova 14 de julho durante horário estendido do comércio

Na segunda-feira (2), o comércio da área central de Campo Grande começou atendendo a população com horário estendido por conta das festividades do fim de ano. As lojas durante esta semana vão funcionar até as 20h e, a partir da próxima segunda-feira (9), até as 22h. De acordo com a Associação comercial são aproximadamente de 300 a 400 mil pessoas circulando diariamente no centro durante este período.

E para garantir a segurança da população, os guardas municipais estarão nas ruas centrais até meia-noite. “Nós estamos estendendo até a meia-noite justamente para garantir a segurança da população que vem para área central de Campo Grande no período noturno”, disse o secretária da SESDES, Valério Azambuja.

(Texto: Rafaela Alves )

Veja também

Dezembro pode ser chuvoso por todo o Estado de MS

Considerado como um mês chuvoso, dezembro começou com a instabilidade alta, que deve permanecer pelos …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *