22 setembro 2020, 19:22
Reprodução/UOL

Caged registra criação de 70,8 mil postos de trabalho

A região do Centro-Oeste gerou 1.477 postos formais no mês passado

Dados divulgados pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), da Secretaria de Trabalho do Ministério da Economia, apontam que 70.852 postos formais de trabalho foram criados no último mês. Em razão disso, outubro atingiu o sétimo mês seguido de crescimento devido a criação de empregos com carteira assinada.

De acordo com informações da Agência Brasil, os números são os melhores no âmbito de abertura de postos de trabalho desde 2016. Nessa época, as admissões superaram as dispensas em 76.599. De janeiro a outubro deste ano, a criação de empregos totalizou 841.589 ou seja 6,45% a mais quando comparado a 2018.

Setores

Dentre os setores que mais se destacaram pelo crescimento de postos de trabalho, o comércio lidera o ranking com 43.972 postos, seguido pelo serviços, 19.123 postos. Em terceiro lugar, vem a indústria de transformação com a criação de 8.946 postos de trabalho.

Demissões

Apesar dos números positivos, três setores demitiram mais do que contrataram: agropecuária, com o fechamento de 7.819 postos; serviços industriais de utilidade pública, categoria que engloba energia e saneamento, 581 postos, e administração pública, 427 postos.  Já na construção civil o nível de contratações subiram com abertura de 7.294 postos e na indústria extrativa mineral, 483 postos.

Regiões

Todas as regiões criaram emprego com carteira assinada em outubro, o Centro-Oeste abriu 1.477 postos formais no mês passado. No caso, a região foi ultrapassada pelo Sul com 27.304 postos, seguido pelo Sudeste com 21.776 postos e Norte com 4.315 postos de trabalho.

(Texto: Jéssica Vitória com informações da Agência Brasil)

Veja também

Ministra diz que meio ambiente e agropecuária andam juntos

A ministra Tereza Cristina (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) ressaltou ontem (21), em audiência pública promovida …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *