15 julho 2020, 21:12
Edifício-Sede do Banco Central do Brasil em Brasília

Bancos devem fazer mutirão para renegociação de dívidas

Foi assinado no início da tarde de hoje (21), em São Paulo, um acordo de cooperação técnica para promover ações coordenadas na área de educação financeira e de renegociação de dívidas. A primeira ação prevista, será a realização de um mutirão para renegociação de dívidas, que deve ocorrer entre os dias 2 e 6 de dezembro.

No mutirão, participarão os bancos Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil, Itaú, Bradesco, Santander e Banrisul. A grande novidade é que a renegociação de dívidas poderá ser feita nas próprias agências, de forma personalizada. No total, 261 agências bancárias participarão da ação.

Os postos de renegociação de dívidas deverão ficar abertos até as 20h para isso. A lista com as agências participantes será  divulgada na próxima segunda-feira (25), no site Papo Reto, da Federação Brasileira de Bancos (Febraban).

O presidente da Febraban, Murilo Portugal, afirmou que durante o mutirão, haverá também orientações sobre educação financeira aos clientes. Cada um dos bancos envolvidos vai definir os valores e a forma de negociação.

“Os bancos vão oferecer as condições mais vantajosas para a renegociação. Cada banco tem sua política própria de renegociação de dívida que vão desde o parcelamento e a troca por outra dívida, até descontos”, disse Amaury Oliva, diretor de Autorregulação e Relações com os Clientes da Febraban.

(Texto: Julisandy Ferreira com informações da Agência Brasil)

Veja também

Ministério mantém projeção de queda do PIB em 4,7% em 2020

O Produto Interno Bruto (PIB), soma de todos os bens e serviços produzidos no país, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *