21 novembro 2019, 12:51
Marcos Corrêa/PR

Bolsonaro enaltece papel de Moro no combate à corrupção

Um dia depois de o Supremo Tribunal Federal (STF) ter revisto o entendimento em relação à possibilidade de prisão após condenação em segunda instância, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) fez questão de elogiar a atuação do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro.

Sem citar a soltura do ex-presidente Lula, Bolsonaro ressaltou que parte do que acontece atualmente na política brasileira se deve à honestidade e ao trabalho de Moro. Ele lembrou, ainda, que seu primeiro encontro com o então juiz não foi muito amigável. Na época, Moro ignorou Bolsonaro, que era candidato à presidência da República.

Bolsonaro admitiu, no entanto, que Moro foi importante para sua vitória no ano passado. “Aquilo foi por uma situação de não atrapalhar o bom serviço que ele vinha executando. Ele não poderia se aproximar de políticos. Não poderia ter um partido como não teve e não tinha. Ele estava cumprindo a sua missão. Se essa missão dele não fosse bem cumprida, eu também não estaria aqui”, garantiu o presidente.

Moro, por sua vez, divulgou uma nota em que diz que sempre defendeu a prisão após condenação em segunda instância, e vai continuar defendendo. Ele lembrou, ainda, que a decisão do Supremo pode ser revertida caso o Congresso Nacional decida mudar a Constituição. (Jovem Pan)

Veja também

OCDE reduz estimativa de crescimento da economia global

A Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico reduziu a previsão de crescimento da economia mundial para 2020, passando …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *