19 novembro 2019, 8:52
Crédito: NEJM, 2019

1º transplante de pênis, escroto e abdomen é um sucesso

O primeiro transplante de pênis, escroto e abdome inferior, realizado há um ano, é um sucesso, de acordo com uma nota publicada pelos médicos responsáveis pelo procedimento, no periódico The New England Journal of Medicine, nesta quinta-feira (7).

O homem tem ereções quase normais e capacidade de atingir o orgasmo. “Ele tem sensação normal no eixo e na ponta do pênis transplantado e pode localizar a sensação ao toque”, escreveram os autores. O paciente ainda urina em pé, sem esforço, frequência ou urgência, “com a urina descarregada em um fluxo forte”.

A nota ainda diz que o transplantado relata uma “autoimagem aprimorada e ‘se sente completo’ novamente e afirma que está muito satisfeito com o transplante e as implicações que ele traz para o futuro.”

Paciente perdeu parte inferior do corpo

O homem, que permanece anônimo, é um veterano de guerra. Ele estava em patrulha no Afeganistão quando pisou em um dispositivo explosivo escondido na estrada. A bomba fez com que o soldado amputasse ambas as pernas, perdesse parte substancial do tecido na parede abdominal inferior, o escroto e os testículos.

A perda de tecido genital masculino pode ter efeitos devastadores na função sexual e reprodutiva, bem como no bem-estar psicossocial. Por esse motivo, os médicos da Johns Hopkins desenvolveram uma técnica cirúrgica para esse paciente.

Até o momento, apenas quatro transplantes penianos bem-sucedidos foram relatados. Mas o caso desse homem é o primeiro a receber o transplante de pênis, escroto e parede abdominal inferior. (Uol)

Veja também

Prefeitura investe R$ 4,3 milhões em obras na Rua Bahia

Com investimento de R$ 4.392.305, a Prefeitura de Campo Grande iniciou nesta segunda-feira (18) a …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *