24 fevereiro 2020, 14:28
Crédito: Cayo Cruz

Planner auxilia mulheres na luta contra o câncer

‘Coisas que acontecem’ vem como o título dado ao canal no Youtube, de Zaira Marliza, professora, que – baseada em suas vivências – lança agora o planner que vem como primeiro passo de um projeto que promete estender-se e acompanhar diversas outras mulheres que tem enfrentado o câncer de mama. “Meu Planner de Tratamento” vem (primeiro em edição mensal divulgada e logo após em uma edição capa-dura de seis meses) como um espelho da paciente que promete ser um refúgio pessoal, pronto à te abraçar.

“Esse planner é para a mulher que tem câncer de mama e ele vai ser para uma mulher específica. Por isso nós escolhemos uma editora – chamada Blue Moon -, que é uma editora artesanal e faz cada trabalho manual, então eles não se repetem. Cada planner é único porquê cada mulher é unica”, conta a autora, que no ano passado recebeu o diagnóstico do câncer na mama direita, em entrevista ao Jornal O Estado.

Sobre o Planner Zaira conta que: “foi por não ter essa rede e por pensar que a experiência do ser humano tem que ser compartilhada, para ampliar e até mesmo como uma maneira mais suave de se enfrentar. Foi a minha preocupação com as mulheres que não tem isso, que não recebem esse tipo de ajuda, que esse planner surgiu”.

“Ela vai colocando as percepções que ela teve da cirurgia, de quanto recebeu o diagnóstico e, o que nós queremos? O contato dessa mulher. Porque à medida que ela vai completando esse planner, a gente quer dar a liberdade de ela opinar e dizer ‘acho que aqui eu poderia acrescentar’, ou na parte da dica ‘daria a sugestão de: prepare-se que o medicamento engorda’. Ele é o primeiro de uma coisa maior que eu quero construir com elas”, explica Zaira.

Ao final, com o livro fechado a paciente pode encontrar a sensível pintura roxa, com o símbolo da editora – que desde a escolha faz referência à pessoalidade da mulher, comparada à lua e seus ciclos, além do nome da autora logo abaixo do símbolo de um simpático gato. “Tenho três gatas e, tinham momentos em que eu estava voltando da quimioterapia, sem conseguir nem me movimentar direito e elas me velavam ali, uma no pé, na barriga e outra na cabeça… então é um amor incondicional que tenho por gatos”, revela.

“Dentro de cada planner eu pretendo que cada mulher se coloque e transforme esse produto em uma obra de arte dela. Com essa obra de arte em mãos também pretendo tomar e trocar essas informações com essas mulheres, para que a gente possa aprimorar, acrescentar dicas, informações, porquê ainda está na primeira edição e está sendo lançada aqui pelo Jornal OEstado, é a primeira edição e a gente pretende construir toda uma rede de apoio à todas as mulheres que as vezes se encontram perdidas no tratamento do câncer de mama”, revela Zaira.

Sobre a importância de uma rede de apoio, Zaira conta que – além de sua biológica, especializada em T.I (tecnologia da informação) que tem ajudado a mãe com o projeto – suas outras filhas foram fundamentais no processo de melhora. “A minha maior, teve um ciclo do tratamento em que eu estive muito mal e ela inchou a cabeça, começou a vomitar do nada, e eram basicamente as mesmas sensações que eu tinha, que eu estava passando. É muito doida essa relação e é uma coisa que só quem tem gatos”, destaca.

“Durante a elaboração do planner percebi que por mais guerreiras que nós mulheres somos, por mais feministas que somos ou buscamos ser, temos algumas coisas lá da nossa infância que a gente pode resgatar, como anotações de diário. Algumas mulheres da minha idade, mais jovens e mais velhas que eu, irão se lembrar daquele diário, sabe? Lá da infância. Onde tínham anotações com perguntas, por exemplo: ‘como você está se sentindo hoje’; ‘quais palavras de motivação você pode escrever hoje’ para que volte a ler quando estiver um pouco mais caída e sensível pelo tratamento”, exemplifica Zaira sobre o conteúdo encontrado no livro.

“Meu Planner de Tratamento”, de acordo com a autora, traz ainda “palavras cruzadas, porquê sim, somos mulheres, estamos enfrentando um câncer mas também existem os momentos de distração. Além de bonequinhos que indicam humor do dia, de como foi receber o diagnóstico de que perderia parte ou sua mama inteira. Na parte ‘minhas impressões da mastectomia’ você vai colocar a sua história, daquele dia, por meio de bonequinhos como estava seu sentimento”.

“Dicas sobre: “coisas simples como a água, que eu ouvi relatos de pacientes que bebiam muita água somente após a quimioterapia para que de alguma forma saísse toda aquela contaminação e não. Você precisa tomar água antes, durante e após a quimio”, chama a atenção ainda.

“Meu Planner De Tratamento Por Zaira Marliza” está disponível por esse título no mercado livre. Você encontra a autora através do YOUTUBE “Coisas que acontecem”; instagram @zairamarliza e Twitter @zairovsky.

(Texto: Leo Ribeiro)

Veja também

Scheila Carvalho revela que irmã está com doença grave

A dançarina Scheila Carvalho está vivendo um verdadeiro drama. Quatro dias após perder o irmão, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *