19 novembro 2019, 11:20
Crédito: Divulgação

ARTIGO: Quem conhece não se omite!

Por David Moura de Olindo

Como advogado, ex-homem público e jornalista, sei que todos temos o dever de não sermos omissos, quando sabemos de algo que possa contribuir com a VERDADEIRA JUSTIÇA. Tenho acompanhado pelos noticiários diuturnamente matéria sobre a “Operação Omertà”. Lógico que como a grande maioria, louvo pelo trabalho realizado pela polícia, pois sou daqueles que querem, uma sociedade livre de qualquer força, ou segmento que atue ao arrepio da lei. Sou também, um dos muitos, que querem JUSTIÇA, no tamanho de JUSTIÇA. Que ela, a JUSTIÇA, atinja apenas os que necessitam ser corrigidos e justifiçados. No caso dessa operação, conheço a quase 40 anos, a pessoa JAMIL NAME. Mas não conheço apenas de Mas não conheço de conhecer apenas, conheço de conviver, de frequentar a casa, de conviver com a intimidade da família, desde o tempo de sua morada na Rua 25 de dezembro. Não é possível que nesses quase 40 anos, eu NÃO tenha visto, ouvido ou ficado sabendo de ouvir dizer, de qualquer ato. ação ou gesto deste senhor em favor de atos espúrios, crimonososou imorais. Vi e acompanhei JAMIL NAME na reconstrução do Jockey Clube e do Operário Futebol Clube.

Vi JAMIL NAME auxiliar igrejas, entidades assistenciais, escolas de samba, pessoas, segmentos sociais e políticos. Vi também esse mesmo CIDADÃO, construir ou ajudar a construir carreiras políticas de deputados do passado e do presente, entre eles,Antônio Braga, Gandhi Jamil, Sergio Assis, Ari Rigo, Celina Jallad, Jerson Domingos, e agora o seu filho, JAMILSON, além de centenas de vereadores e muitos prefeitos nesse Estado. Por conta disso , sei que não é possível, que, tendo visto tudo que relacionei acima, eu não tenha visto algo que ligasse esse CIDADÃO a qualquer ato reprovável, criminoso ou desonesto. Lembro que em 1981, eu era um meninoquando procurei JANIL NAME, para pedir ajuda para recuperar a vista do meu Pai. Naquele tempo, sendo meu pai um HOMEM sem condições financeiras e com 13 filhos para sustentar.

JAMIL NAME poderia ter me arrumado um tratamento aqui mesmo na rede pública. Mas ele não fez isso, mesmo sem me conhecer, e sem ter algum interesse no que eu poderia representar, nos deu os recursos necessários e meu pai foi operado pelo Drº Carlos Signorelli no Hospital Irmãos Penteado em Campinas-SP. Meu pai, inclusive ficou internado ao lado do João do Pulo. Ao retornar, havia sobrado dinheiro do que ele arrumou, e, quando fui devolver, ouvi dele apenas, use esse dinheiro e “cuide do seu pai”. Em 1982, fui eleito vereador em Sidrolândia, onde desempenhei cinco mandatos, e por quatro vezes fui Presidente da Câmara. Hoje não atuo mais na Política. Hoje meu filho é vereador e Presidente daquela Casa. Durante esses quase quarenta anos, NUNCA ouvi da parte de JAMIL NAME, um pedido para agir de forma imoral ou desonesta. O que sempre vi, foi uma fila de gente em busca de ajuda. JUSTIÇA , atenção e realização de sonhos, adentraram à casa de JAMIL E TEREZA na certeza de serem auxiliados. Se JAMIL é sagaz para os negócios, estes sempre foram feitos à luz do dia, na presença de quem quer que fosse, com uma ressalva. DENTRO DE SUA CASA, o que significa que nunca vi JAMIL NAME correr atrás de algum negócio, por mais alvissareiro que pudesse ser. Não serei como alguns, pois não sou adepto do “venha a nós o vosso reino”, não tenho motivo algum para ser omisso e muito menos para me envergonhar de ser muito amigo desse CIDADÃO.

Ao contrário, tenho orgulho de ser amigo de JAMIL NAME e de sua família. Estou fazendo essa publicação por minha iniciativa e vontade, posto que na minha pouca significância, quero demonstrar a muitos, que QUEM CONHECE NÃO PODE SE OMITIR. EU TE CONHEÇO JAMIL NAME, e sei que o senhor só devotou a vida em fazer o bem. Não sei se isso vai chegar ao senhor , mas não estou preocupado com isso, pois estou cumprindo o meu dever de HOMEM livre e consciente e, nessa condição, não me dou o direito de ser omisso, pois te conheço, e sei que o Senhor é um HOMEM HONRADO.

 

Veja também

Puccinelli deixa liderança do MDB; Mochi assume em dezembro

O MDB-MS reuniu os principais membros do Diretório Estadual ontem a tarde (18). E o …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *