15 novembro 2019, 3:42
Foto: Gisele Federicce

Correios e Telebras serão estudadas para privatizações

Em dois decretos publicados no Diário Oficial da União  desta quarta-feira (16), o presidente Jair Bolsonaro incluiu os Correios e a Telebras no Programa de Parcerias de Investimentos da Presidência da República (PPI), oficializando medidas anunciadas anteriormente. Com a confirmação presidencial, estudos públicos serão realizados para encaminhar a privatização das duas estatais. A venda de ambas requer aval da Câmara e do Senado.

Comitês com membros da Casa Civil, Ministério da Economia, Ministério de Ciência, Tecnologia, Inovações e Telecomunicações (MCTIC) e BNDES, além de representantes das próprias estatais, serão instaurados pelo governo para acompanhar os estudos, que devem determinar qual modelo de desestatização o governo julga mais adequado, opções como abertura de capital, venda de ações ou privatização.

Em agosto, o Conselho do PPI já havia indicado as duas empresas para estudos de desestatização. As duas estatais constavam em lista divulgada por Paulo Guedes também no mês de agosto, com relação de empresas que deveriam ter o processo de privatização iniciado ainda em 2019. (João Fernandes com VEJA)

Veja também

Caixa e BB iniciam 5º fase de pagamento do PIS/Pasep

Começa a ser pago nesta quinta-feira (14) o abono salarial dos programas de Integração Social …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *