17 novembro 2019, 6:52
Crédito: Tero Queiroz

“Ensaio sobre a Lua” traz experiência sensorial com luzes

Retornando à seu palco de estreia (que aconteceu em julho), “Ensaio sobre a Lua” chega nesse sábado e domingo (12 e 13 de outubro), ao palco do Circo do Mato como parte da celebração dos 15 anos do Grupo. Fruto do Núcleo Artístico Jair Damasceno, o espetáculo narra os “ensaios de um provável espetáculo”, usando uma tela – separando o palco do público – como quarta parede que, além de ser quebrada constantemente, desenha formas e brinca com os sentidos da plateia, compondo o que o diretor chama de “dramaturgia da imagem”.

Trazendo o astro como um elemento da dramaturgia, “Ensaio Sobre a Lua” trás no elenco Nathália Andrade, Yan Gabriel e Jair Damasceno, além do músico e ator Ewerton Goulart executando trilha sonora com um saxofone e um “hamg-drum”. Resultado de um processo criativo envolvendo textos de Plínio Marcos, Nélson Rodrigues, Fernando Pessoa, Matéi Visniec e Thomas Bernhard, além do próprio diretor que é também dramaturgo e ainda textos criados em laboratórios pelos atores, como é o caso da cena final da peça.

“Já venho nesse trabalho de luz com o Jair desde ‘Salomé’ que começamos em 2016 e, até então, o trabalho com as lanternas era como se fossem refletores de teatro, como nós – em cima da plateia – substituindo esses equipamentos. Eu falava naquela época: Jair, nós temos uma ferramenta muito forte nas mãos, que são as lanternas, seria interessante se fôssemos para o palco, iluminar vocês de um lado para o outro; de baixo para cima; de cima para baixo, não sei. Ele então veio com o Ensaio, onde continuamos com o papel de refletores teatrais, como canhões de luz, mas já tem artefatos de luz dentro da cena”, explica Yuri Tavares que compõe a iluminação da peça.

Em material exclusivo para o Jornal O Estado, Jair declara que dedicou tempo e discussão com os operadores das lanternas, Lana Figueiró, Léo Reinaltt e Yuri Tavares, ao mesmo tempo em que cada cena era definida, a cada sugestão de clima ou no resultado geral da atmosfera, atraindo a retina do público ao essencial, criando sombras e nuances que apenas sugiram o conteúdo emocional e dramático. “Ficou a encargo da gente – da iluminação – organizar tudo isso, ver que hora entra uma luz de fora, em qual hora fica só uma luz lá dentro da tela, como a tela interfere na luz que tá vindo de fora. Aí quando a gente viu o resultado (que achávamos que a tela iria atrapalhar bastante) lá no Circo do Mato, achamos meio mágico”, pontua Yuri.

“É uma coisa que eles que estão dentro da cena não sabem o que está acontecendo, não vêem o que a gente vê, da mesma forma como as pessoas de plateia não vê o que eles enxergam dentro da tela”, ressalta Yuri Tavares.

Tendo fotografado dois dias da primeira temporada do espetáculo, o também ator Tero Queiroz, destaca que: “Jair cria uma característica própria, com o uso da iluminação de led, lanternas, como objeto único de iluminação dos seus espetáculos. Ele cria uma característica particular de iluminação cênica em Mato Grosso do Sul e se destaca, nesse momento artístico, como um dos principais criadores desse objeto artístico no Estado”.

“Os dois dias que fotografei o espetáculo dele senti isso: que além de uma grande teatralidade naquele momento cênico, existia também uma ampliação das camadas de interpretação, de gestos, de movimento, com aquela cortina na frente, com o visual que ele propõe para o espetáculo dele… tudo isso dá uma profundidade técnica e ao mesmo tempo sentimental para o espetáculo”, aponta Tero.

Sendo uma experiência visual e sensitiva, cada pessoa na plateia – devido aos elementos – irá saborear os efeitos práticos de luz e projeção que brincam com a própria simbologia da imagem, gerando diferentes interpretações e sensações.

Serviço: Ensaio Sobre a Lua, com Classificação etária: a partir dos 12 anos de idade, fica em cartaz nos dias 12 e 13 de outubro, às 20h, na Rua Tonico de Carvalho, 263, próximo ao horto florestal, com esquema de meia entrada para o ingresso que tem valor integral de R$40, vendidos a partir das 19h no local. (Leo Ribeiro)

Veja também

Caio Castro chama Grazi Massafera de horrorosa no Instagram

Na última sexta-feira (15), a atriz  Grazi Massafera postou uma foto em suas redes com …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *