7 junho 2020, 2:48
Foto: Anek Sangkamanee/ Shutterstock

Mercado interno: cotações do milho subiram 4,1% mensalmente

A maior demanda interna e a boa movimentação para exportação tem gerado valorizações nos preços do cereal no país. Na primeira semana de outubro deste ano, a média diária cresceu 132,8% frente a outubro do ano passado. Houve alta de 4,1% em outubro na comparação mensal.

Com isso, o milho está custando 9,1% mais em relação a setembro do ano passado. Em setembro, o Brasil embarcou por dia 75,0% mais milho em relação ao mesmo mês em 2018.

De acordo com um levantamento da Scot Consultoria, na região de Campinas-SP, a saca de 60 quilos está cotada em R$41,00, sem o frete, frente a negócios em até R$37,00-R$38,00 por saca no começo de setembro deste ano.

Em curto prazo, as exportações deverão seguir aquecidas e dando sustentação aos preços no mercado interno. Porém, altas de preços não estão descartadas em curto e médio prazo.

(Texto: Julisandy Ferreira com informações do Agrolink)

Veja também

Dólar fecha abaixo de R$ 5, menor nível desde março

O dólar fechou abaixo de R$ 5 na sessão desta sexta-feira (5), registrando o menor …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *