22 outubro 2019, 6:57
Divulgação

Presidente sinaliza que não liberará prêmio a Chico Buarque

O presidente Jair Bolsonaro sinalizou, na noite desta terça-feira (8), que não deve assinar o diploma de premiação a Chico Buarque, vencedor do Prêmio Camões 2019. O principal troféu literário português concederia ao artista 100 mil euros, o equivalente a R$ 460 mil, divididos entre os dois países

Primeiro, Bolsonaro respondeu aos jornalistas que a decisão era um “segredo” e depois que “tem até 2026 para assinar o documento”, fazendo alusão à reeleição em 2022.

No ano passado, Chico Buarque fez campanha para Fernando Haddad, adversário de Bolsonaro na corrida presidencial. (João Fernandes com Folha de S.Paulo)

Veja também

Sesc traz apresentações com blues, pop e MPB

A programação das apresentações musicais do Sesc Morada dos Baís desta semana conta com samba, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *