18 janeiro 2021, 7:07
Reprodução/DW

Brasileiro Davi Kopenawa divide Nobel Alternativo

O indígena Davi Kopenawa está entre quatro ativistas internacionais ganhadores do Right Livelihood Award de 2019, também conhecido como o “Prêmio Nobel Alternativo”. A Fundação Right Livelihood anunciou nesta quarta-feira (25) em Estocolmo que Kopenawa recebe o prêmio “pela corajosa determinação dele em proteger as florestas e a biodiversidade da Amazônia, e as terras e a cultura de seus povos indígenas”.

O brasileiro é homenageado juntamente com a ambientalista sueca Greta Thunberg, ícone da luta contra as mudanças climáticas; a ativista marroquina Aminatou Haidar; e a advogada chinesa Guo Jianmei.

No fim de julho, os nativos denunciaram que as invasões dispararam no primeiro semestre deste ano: até 20 mil garimpeiros estariam no território indígena em busca de ouro, desmatando a floresta e contaminando o solo e a água da região com mercúrio.

A fundação Right Livelihood afirma que as florestas tropicais da Amazônia estão sob a ameaça da exploração ilegal de madeira e incêndios florestais, assim como das políticas incentivadas pelo governo do presidente Jair Bolsonaro. (Poder 360)

 

Veja também

Quatro UPAs realizam atendimento infantil neste sábado

As Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e os Centros Regionais de Saúde (CRS) realizam atendimento …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *