20 outubro 2019, 9:46
Reprodução/Veja

Gasolina já subiu 3,9%, diesel 5% e etanol 2,1%

Após ataque a petrolífera saudita, postos de combustíveis da Capital começam a reajustar preços. O preço médio do litro da gasolina passou de R$ R$ 3,976 na última semana para R$ 4,133 nesta (+3,9%). Já do etanol, o custo médio foi de R$ 3,257 para R$ 3,326 (+2,1%) e até o diesel sofreu elevação, passando de R$ R$ 3,523 para R$ 3,701 (+5%).

Tradicionalmente, a pesquisa semanal realizada pelo jornal O Estado faz rodízio dos postos pesquisados, porém nesta semana nossa equipe voltou aos mesmos estabelecimentos visitados na semana passada e constatou que a gasolina subiu em 16 dos 20 analisados. O etanol subiu em 10 e o diesel em 18.

Na quarta-feira (18), o gerente-executivo do Sinpetro (Sindicato dos Distribuidores e Revendedores de Combustíveis), Edson Lazarotto, alertou de que o ataque sofrido pela petrolífera da Arábia Saudita, que afetou pelo menos 5% do volume produzido mundialmente, culminaria em um possível aumento estipulado entre 8% e 10% dos valores aplicados em Mato Grosso do Sul. Contudo, ressaltou que tais elevações deveriam chegar entre 10 e 15 dias após o sinistro. Contudo, na tarde de ontem (20), ele informou que a Petrobras emitiu um aumento de 3,5% na gasolina e de 4,2% no diesel.

“Houve aumento da gasolina por meio da Petrobras no percentual de 3,5%, que equivale a R$ 0,06 centavos de aumento, e 4,2% no diesel, que equivale a R$ 0,10, vigentes desde quinta-feira (19). Portanto, assim que os postos receberem os produtos já virão com o aumento”, ressaltou. A fala de Lazarotto revela que mais aumentos serão registrados na próxima semana.

Onde economizar?

Com este cenário adverso, pesquisar preços se torna o melhor aliado para aqueles que querem economizar na hora de encher o tanque. Segundo o comparativo semanal, a quem opta por abastecer com gasolina, a dica de preço mais barato (R$ 3,888) foi encontrado no Posto Shell, da Rua Doutor Arthur Jorge, Monte Castelo. Por sua vez, o preço menos atrativo (R$ 4,399) foi o identificado no Posto Faleiros, da Avenida Duque de Caxias, bairro Vila Nova.

Para os que escolhem o etanol na hora de abastecer, a dica de preço mais em conta (R$ 3,159) é no Posto Positivo, da Avenida Engenehiro Amélio Carvalho Baís, na Vila Almeida. Em contrapartida, o mesmo combustível chegou a custar R$ 3,599, também no Posto Faleiros.

Já no diesel, o preço mais baixo encontrado (R$ 3,489) foi o do Posto São Cristovão, na Rua Doutor Euler de Azevedo, bairro São Francisco e o mais “salgado” (R$ 3,988) foi encontrado no Posto Taurus, na Avenida Mascarenhas de Moraes, bairro Coronel Antonino. (Texto: Michelly Perez)

Veja também

Chuva começa intensamente na Capital

A chuva do final de semana começou em grande escala em Campo Grande no início …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *