20 outubro 2019, 10:34
Crédito: Nilson Figueiredo

Crianças reforçam ação no Mundial da Limpeza

No Dia Mundial da Limpeza, juntamente com o Dia da Árvore, cerca de 600 voluntários, entre crianças e adultos, se reuniram no Centro de Educação Ambiental Anhanduí, no bairro Aero Rancho, em Campo Grande, em prol da conscientização do descarte irregular do lixo no meio ambiente. A mobilização envolve 1,2mil cidades somente no Brasil e 150 países no mundo, o Dia Mundial da Limpeza ou World Cleanup Day (WCD).

Este é o segundo ano que o evento ocorre em Campo Grande. Segundo um dos organizadores do evento, Yohhan Teruya, em 2018 havia cerca de 400 pessoas envolvidas, 200 a menos que esse ano e isso faz toda a diferença. “Temos vários problemas sociais e nós ficamos nas redes sociais militando, mas eu fico muito feliz que na hora da prática as pessoas aparecem, então é o mínimo que fazemos pelo meio ambiente. Não vamos salvar o mundo em um único sábado de manhã, mas essa iniciativa já ajuda a amenizar alguns problemas ambientais”, ressaltou.

Ainda conforme o organizador essa ação não é feita apenas por voluntários, todos precisamos entender que o lixo é um problema que precisa ser compartilhado também com empresas e com o poder público. Para o Secretário da Semadur (Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano), Luis Eduardo Costa, dias como esse são importantes para olharmos com mais carinho e atenção para a questão da arborização urbana da cidade e também a mobilização de jovens interessados em aprender um pouco mais sobre a causa social do lixo.

“Foi um casamento muito interessante dessas duas datas, o Dia da Árvore é um dia especial para podermos olhar o quanto a arborização da cidade é importante na vida de cada um, na questão da saúde, qualidade de vida e sobre o Dia da Limpeza, me alegra ver essa mobilização fantástica dos jovens vindo entender o que é o problema do resíduo descartado na cidade. No ano passado nós fizemos esse movimento no CEA Imbirussu e foi retirado 2 toneladas de lixo em duas horas”, concluiu o secretário.

Escola ensina desde cedo seus alunos sobre importância da árvore

A árvore é um grande símbolo da natureza e é uma das mais importantes riquezas naturais que possuímos. E, justamente, na busca por essa conscientização sobre a importância das árvores que a Escola Municipal Geraldo Castelo, ensina desde cedo os alunos a terem responsabilidade e compromisso com o meio ambiente onde vivem. Na última sexta-feira (20), os alunos do Grupo 5 A, 18 crianças com uma média de idade de 5 anos, plantaram três árvores no espaço onde funciona a horta da escola, duas frutíferas e o símbolo do Cerrado, um Ypê.

A professora de educação física da turma, Ana Paula Land, foi a responsável pela ação, para ela as crianças precisam apreender desde a ter uma conscientização do amanhã. “Nós plantarmos hoje, para colheremos frutos daqui 10, 15 anos e com as crianças da educação infantil também é assim, se nós queremos profissionais conscientes, éticos, respaldados na moral e responsáveis por todos nós coletivamente, nós já temos que incutir neles está noção de que a participação nossa é superimportante em todos os afazeres e a tenham um compromisso com o meio ambiente”, explicou.

Todos os alunos participaram do plantio, os olhinhos deles brilhavam de emoção, Luiz Miguel Ortigoza Matrone Cabulon, 5 anos, ficou responsável por molhar a muda, ele estava animado com a sua função. “É muito legal jogar água na árvore, eu estou gostando de ajudar a plantar essas mudinhas”, respondeu em meio a um lindo sorriso.

(Texto: Taynara Foglia e Rafaela Alves )

Veja também

Cantor de MS morre em acidente fatal na BR-262

Um grave acidente no macroanel de Campo Grande, pôs fim a vida do violeiro Ivo …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *