21 setembro 2019, 1:36
Crédito: Gazeta Esportiva

Presidente do Corinthians afirma que não perderão o estádio

O presidente do Corinthians Andrés Sanchez estava bem humorado para explicar a dívida de R$ 450 milhões que o clube tem com a Caixa Econômica Federal referente ao seu estádio, construído em 2014. Fez algumas brincadeiras sem se recusar a responder a todas as perguntas. Frisou que o Corinthians deve apenas para a Caixa, e que todos os outros credores estão sendo pagos.

O mandatário corintiano se mostrou indignado com a atitude da Caixa Econômica Federal, admitiu que o clube deve dois meses de parcelas do financiamento e aproveitou para mostrar a assinatura de um contrato com a Odebrecht formalizando o acordo de valores que até então estavam em aberto.

Na quinta-feira, o Corinthians emitiu nota para informar que recebeu notificação extrajudicial da Caixa de uma execução referente ao valor total da dívida do financiamento da Arena em Itaquera. Andrés informou que pelas contas do clube a dívida com a Caixa é de R$ 470 milhões. O banco calcula que ainda faltam ser pagos R$ 520 milhões. Há, portanto, uma diferença nos valores.

“O torcedor corintiano pode ficar tranquilo. Não vão tomar nada da gente, não estamos deixando de pagar e não perdermos o estádio”, afirmou Andrés. (Portal Terra)

Veja também

Tite faz convocação para dois jogos nesta sexta

O técnico Tite anuncia nesta sexta-feira, a partir das 10h30, na sede da CBF, no …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *