21 novembro 2019, 4:30
Crédito: Chico Ribeiro

Gabinete de Governo vai até o Bolsão atender 14 municípios

No final desta semana, nos dias 12 e 13 de setembro (quinta e sexta-feira), o governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja, e membros da sua equipe, estarão em Três Lagoas (distante a 326 quilômetros de Campo Grande) com o projeto “Governo Presente”, lançado neste mês para discutir necessidades regionais, projetar novos investimentos e acompanhar de perto ações já em execução nos municípios. O objetivo é ouvir demandas e traçar planos de desenvolvimento para o futuro da região do Bolsão. Juntas, as 14 cidades, que fazem parte desse polo, receberam mais de R$ 1,1 bilhão de investimentos estaduais entre 2015 e 2019.

A estrutura do escritório será montada na Coordenadoria Regional de Educação, na Avenida Antônio Trajano, 603, Centro. Para o secretário especial de articulação política do Governo, Sérgio de Paula, o novo projeto vai descentralizar as ações da gestão estadual. “Vamos ampliar a discussão de projetos diretamente com vereadores, prefeitos e demais representantes do povo para poder potencializar a participação dos municípios no desenvolvimento do Estado”, avaliou.

Além de Três Lagoas, passarão por atendimento Água Clara, Aparecida do Taboado, Bataguassu, Brasilândia, Cassilândia, Chapadão do Sul, Figueirão, Inocência, Paraíso das Águas, Paranaíba, Ribas do Rio Pardo, Santa Rita do Pardo e Selvíria. Juntas, as cidades receberam do Governo do Estado entre 2015 e 2019 investimentos superiores a R$ 1,1 bilhão.

A aplicação desses recursos pode ser percebida na construção em andamento do Hospital Regional de Três Lagoas, que vai abrir novos leitos; na edificação do prédio da Delegacia de Polícia Civil de Chapadão do Sul; na restauração asfáltica da MS-040, em Santa Rita do Pardo; e em outros empreendimentos espalhados pelas 14 cidades.

“Ao longo dos últimos quatro anos e meio construímos parcerias que resultaram em investimentos nos 79 municípios. Administrar é isso, compartilhar situações e buscar soluções conjuntas. Agora, vamos reforçar nosso governo municipalista indo ao interior para nos aproximarmos ainda mais das pessoas”, afirma Reinaldo Azambuja.

Também estão envolvidas no “Gabinete Presente” as secretarias estaduais de Governo Gestão Estratégica (Segov); Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro); Infraestrutura (Seinfra); Saúde (SES); e Educação (SED). Secretários e técnicos também irão despachar com os representantes municipais. (Texto: Danilo Galvão com informações de Assessoria)

* Material atualizado às 14h para acréscimo de informações

Veja também

Senado aprova uso de pena alternativa para mães e gestantes

A CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) do Senado aprovou nesta quarta-feira (20) um projeto …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *