20 novembro 2019, 0:34
Foto: Reprodução

Corinthians é cobrado em mais de R$ 566 milhões

A Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN) cobrou do Corinthians mais de R$ 566 milhões em impostos. As informações são do site Poder 360.

De acordo com a Lista de Devedores no site do órgão, o valor é referente as cobranças tributárias de Imposto de Renda, Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL), PIS e Cofins.

O valor ultrapassa a receita líquida do clube em 2018, de R$ 446 milhões. Segundo a Folha de S.Paulo a equipe fechou o ano com déficit de 18 milhões.

Ao todo, os valores cobrados do Corinthians estão separados em 8 categorias junto à União e não incluem pagamentos já acordados em programas de refinanciamento de dívidas, como o Profut (Programa de Modernização da Gestão de Responsabilidade Fiscal do Futebol Brasileiro), de 2015. (Jéssica Vitória com informações do Poder 360)

Veja também

Pontaporanense comemora retorno à Série A do Estadual

Depois de 24 anos, a equipe do Pontaporanense consegue a classificação para a Série A …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *