28 novembro 2020, 14:53
Picture Alliane/Empics/P. Byrne

MEC tenta editar biografia de Weintraub na Wikipédia

Nas últimas semanas, uma polêmica da Wikipédia no Brasil aconteceu num verbete, envolvendo o ministro da Educação, Abraham Weintraub. Um equívoco fez com que o portal de enciclopédia recebesse solicitações do MEC para alterar ou retirar do ar a biografia.

Aos poucos, episódios polêmicos foram incluídos na biografia de Weintraub como o fato de que ele e o irmão abriram um processo judicial, em 2011, para tentar interditar o pai, ou o anúncio dos cortes em 30% de verbas para a educação – ou contingenciamento, na versão oficial do governo.

Por um lado, isso despertou o que a comunidade da Wikipédia chama de “vandalismos”: usuários que interferem no conteúdo, de modo ofensivo, mentiroso ou satírico. Por outro, assessores do próprio ministério tentaram editar o verbete.

A solução encontrada pelos administradores foi corrigir e bloquear o conteúdo. O Ministério da Educação (MEC) solicitou a retirada do verbete e ameaçou tomar medidas judiciais.

Em entrevista, o administrador da Wikipédia Rodrigo Padula, classificou o caso como ‘’tentativa de censura’’.

‘’Respondi aos e-mails do ministério, oferecendo auxílio, capacitação e orientações sobre as dinâmicas da Wikipédia, mas eles nunca nos responderam. A equipe de comunicação do MEC solicitou que excluíssemos o verbete porque eles não estava conseguindo editar e, segundo eles, não estavam tendo “direito ao contraditório. Fato é que o conteúdo foi bloqueado para proteger as informações. Todas as tentativas de edições mal feitas a um artigo são tratadas como vandalismo, independentemente do interesse, até aquele momento, nem sabíamos que havia gente do próprio ministério tentando editar o verbete.’’ relatou o dirigente do site. (João Fernandes com DW)

Veja também

Crianças e idosos escrevem cartinhas para Papai Noel e esperam presentes de Natal

Se o bolso do “Bom Velhinho” anda murcho, que tal se tornar um auxiliar dele? …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *