24 outubro 2020, 22:37
Reprodução/Reuters

Furacão Dorian cresce em intensidade e atinge Bahamas

O Centro Nacional de Furacões dos EUA (NHC) disse que o Dorian superou o Abaco ao se tornar uma tempestade de categoria 5 neste domingo, com ventos máximos sustentados de 285 km por hora e rajadas de mais de 322 km/h.

Embora alguns moradores tenham ido para Nassau e outros lugares dias atrás, entre 200 e 300 pessoas estão enfrentando a tempestade em Great Guana Cay, onde a energia já foi cortada e os meteorologistas preveem até 61 cm de chuva e tempestades.

Depois de percorrer as Bahamas, o Dorian deve se dirigir para o noroeste em direção à Flórida, com o NHC, com sede em Miami, elevando seu alerta neste domingo para partes da costa leste do estado devido à tempestade tropical.

Com esses avisos e a tempestade se intensificando, os municípios vizinhos de Palm Beach e Martin exigiram a evacuação obrigatória de alguns moradores, incluindo aqueles em residências móveis, ilhas-barreira e áreas baixas. Outros municípios da costa anunciaram evacuações voluntárias.

Embora não haja expectativa de que o Dorian atinja a Flórida, o NHC alertou os moradores para que fiquem alertas e disse que “um desembarque na Flórida ainda é uma possibilidade”.

A Agência Federal de Gerenciamento de Emergências (FEMA) está transferindo alimentos, água e geradores para o sudeste dos Estados Unidos, disse o administrador interino Peter Gaynor.

“Quando se trata de resposta, estamos mais do que prontos para lidar com qualquer coisa que o Dorian nos entregue este ano, ou qualquer outra tempestade que possa ocorrer nesta temporada”, disse ele à CNN.

A maioria dos turistas que planejava deixar as Bahamas saiu antes do aeroporto principal fechar na sexta à noite.

Jeffrey Simmons, vice-diretor do departamento de meteorologia das Bahamas, disse que o Dorian causará períodos prolongados de grandes ondas e tempestades ao longo da costa norte de Grand Bahama e da costa norte e leste de Abaco.

Os possíveis danos às Bahamas causados pelo Dorian podem ser exacerbados pelo fato de que seu movimento para o oeste deve desacelerar, mantendo-o sobre as ilhas por mais tempo e “prolongando seus efeitos catastróficos”, informou o NHC no domingo. (Com informações do Portal Terra)

Veja também

Com 12 anos e altura de uma criança de 5, baiano luta contra preconceitos

Dia Nacional de Combate ao Preconceito Contra as Pessoas com Nanismo é comemorado neste domingo …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *