21 setembro 2019, 1:14
Isac Nobrega/PR

Bolsonaro autoriza Garantia da Lei da Ordem ambiental

O presidente Jair Bolsonaro recorreu à rede nacional para debater as críticas que o governo sofre em relação às políticas voltadas para a Amazônia Legal, que atravessa um período de intensa seca e queimadas. Bolsonaro autorizou a Garantia da Lei e da Ordem (GLO) para ajudar no combate a incêndios na floresta amazônica.

“Somos um governo de tolerância zero com a criminalidade, e na área ambiental não será diferente. Por essa razão, oferecemos ajuda a todos os estados da Amazônia Legal. Com relação àqueles que aceitarem, autorizarei operação de Garantia da Lei da Ordem. Uma verdadeira GLO ambiental”, disse. Somente Roraima e Rondônia pediram ajuda federal no combate aos incêndios, segundo o Palácio do Planalto.

Ainda durante o pronunciamento, Bolsonaro afirmou que os incêndios florestais acontecem em todo o mundo e não podem “servir de pretexto para sanções internacionais”, conforme pediu o presidente da França, Emannuel Macron.

É a primeira vez que o presidente cita sanções econômicas ao Brasil como possíveis retaliações pela crise na Amazônia. Ontem, Bolsonaro protagonizou uma troca de farpas com Macron, chegando a afirmar que o europeu estaria “interessado em um espaço para ele” na região.

Bolsonaro encerra dizendo que o Brasil continuará sendo, como foi até hoje, “um país amigo de todos e responsável pela proteção da sua floresta amazônica”. (Congresso em Foco)

Veja também

UFMS oferece 5, 2 mil vagas para o ingresso em 2020

A UFMS vai oferecer 5.220 vagas nos três processos de ingresso para o ano que …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *