20 setembro 2019, 17:09
Valentin Manieri

Sambista do Zé Pereira, J.P. canta seus amores por CG

Carioca, sambista e apaixonado por Campo Grande, o músico José Pedro de Almeida, também chamado nas rodas de samba como “J.P.” e conhecido, entre amigos, familiares e pelo bairro José Pereira, como “Osmar”, em 2011 – enquanto estava em sua cidade natal – compôs um samba em homenagem à Morena pela qual sempre foi apaixonado.

“Eu morei aqui há uns anos, passei dez anos aqui. Como eu trabalhava com vendas, viajando, eu conheci quase todos os Estados e cidades da letra do samba. Eu voltei para o Rio e comecei a fazer samba para a Grande Rio, Beija-flor, para São Paulo também, então a mãe da minha filha falou: ‘Poxa, você faz música para tudo quanto é samba por aí, para as pessoas, por que não faz para a minha cidade? Campo Grande?’, foi onde deu a inspiração em mim e, como morei aqui há muito tempo, adoro esta cidade aqui. Pra mim é minha segunda cidade, tirando o Rio de Janeiro, aqui é a cidade maravilhosa”, explica o sambista em entrevista ao caderno de Arte&Lazer.

Falando no samba “Homenagem à Cidade Morena”, sobre Mato Grosso do Sul, o músico cita na canção o Pantanal, cidades como Bonito, Corumbá, Coxim e Ponta Porã, e tem o único desejo de que sua canção seja propagada para que cada vez mais pessoas conheçam um pouco de toda a beleza que seus olhos, na estrada, viram. Sobre a recepção da música pelos demais, J.P. ainda destaca: “O sentimento que tenho pela música é de que eu sou apaixonado por esta cidade. Amo aqui e fico feliz, radiante de alegria quando toco essa música, nos ‘barezinhos’ com os colegas, o pessoal se amarra demais”.

“Sou apaixonado por esta cidade, então veio a inspiração em mim de eu fazer o samba, homenageando a todos vocês, Campo Grande e região, conforme a letra. Por isso o começo dela é ‘vou a Campo Grande’, que fiz ela no Rio em 2011. É a minha inspiração e me amarro demais nessa cidade”, aponta ainda.

Divulgando nossa região, José Pedro fala das divisas com Bolívia, Paraguai, citando os povos e ainda pontos característicos da própria Campo Grande: “Se você quiser, te levo. Para poder acreditar, vou levar no morenão, o jogo você olhar”, como cita a última estrofe.

“Eu estava pensando, com o aniversário de Campo Grande chegando, que eu não fosse conseguir mostrar para mais pessoas essa letra, com vocês. Eu tô feliz da vida por essa música e nem posso ouvir ela que fico emocionado, porque é para vocês mesmos.”

Revela ainda seu desejo maior: “Em primeiro lugar é que eu gostaria muito de participar do aniversário da Capital, vou ficar muito feliz se isso um dia acontecer. Porque Campo Grande é a cidade maravilhosa, ela tem tudo de bom, essa letra faz com que as pessoas de fora venham a conhecer, se ela for ao ar e cair no mundo, as pessoas, vai vir mais gente aqui para Campo Grande. Porque realmente essa letra que eu fiz é uma propaganda para a cidade. Tá falando de Bonito, dos lugares… gostaria muito de um dia participar dessa festa, que amo esta cidade e me amarro de montão aqui”. (Leo Ribeiro)

Veja também

Milhares de contas de fake news no Twitter são fechadas

O Twitter informou nesta sexta-feira (20) que fechou milhares de contas em todo o mundo …

Um comentário

  1. Linda historia!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *