25 agosto 2019, 5:20
Home / Esportes / ABC projeta vitória e torce por público na partida de hoje
Valentim Manieri

ABC projeta vitória e torce por público na partida de hoje

O União ABC será o primeiro representante de Mato Grosso do Sul a entrar em campo pelas oitavas de final da Copa Verde. A equipe recebe o Luverdense (MT) hoje (8), às 15h (MS), no Jacques da Luz. Com a mesma base que atuou na primeira fase, o técnico Daniel Franklin espera um resultado positivo em casa.

Ele conta que os trabalhos podem variar de acordo com a forma de jogar do adversário. Por isso a comissão costuma estudar as partidas do rival. “Sabemos da grande equipe que vamos enfrentar. Pude analisar algumas partidas e, de acordo com as fases de jogo deles, montarmos nossas estratégias para que possamos ser extremamente competitivos”, afirma.

No futebol, o mais comum é que o favorito seja o time da casa, mas com o ABC foi um pouco diferente. Na primeira fase, contra o Galvez, o Tricolor da Capital garantiu a vantagem de um gol com uma atuação mais tímida. As jogadas ficaram de fato mais ofensivas no returno, em Rio Branco (AC), quando os meninos arrancaram o placar de 3×1.

ara Daniel, algumas coisas precisam se manter para esta fase. “Vamos levar a coragem, resiliência e nossa organização coletiva, acreditando que mesmo com a diferença estrutural é possível fazermos uma grande partida dentro de campo. O plano é sermos organizados e focados para não favorecer a equipe deles e assim transformar as nossas oportunidades em gols”, diz otimista.

A persistência que sobrou em campo faltou nas arquibancadas. O jogo contra o Galvez, no Jacques da Luz, teve 136 pagantes, o que totalizou R$ 1.315 de renda bruta para o time da casa, de acordo com relatório da CBF. Além do pouco estímulo, isso deixou o saldo do clube no vermelho. As despesas totalizaram R$ 8.011,90 e, com isso, o saldo final foi negativo, com R$ 6.696 de débito.

De acordo com o presidente do clube, Fábio Manso, os ingressos para a partida de hoje segue no valor de R$ 10 para os torcedores do ABC. “O público não foi muito grande no primeiro jogo, espero que seja maior agora. A questão principal é o horário, mas não tem outro jeito. Mas acredito que agora chegue a 200 ou 300 pessoas”, projeta.

Thiago Miracema é a novidade do Costa Rica

O Laertão, a 336 km de Campo Grande, será o palco da partida entre Costa Rica x Sinop (MT) pela Copa verde. O primeiro jogo das oitavas de final será às 20h (de MS). O comandante da Cobra do Norte, Mário Tilico, está confiante, mas não esconde a preocupação em jogar com um dos rivais mato-grossenses mais conhecidos aqui no Estado.

Para isso, eles venceram o cansaço da viagem da semana passada e intensificaram os treinos. No sábado e domingo o grupo focou na recuperação física e de segunda em diante trabalhou o tático. “A tendência é de que o nível de dificuldade dos adversários aumente. O Sinop tem tradição, é uma equipe que sempre está nas primeiras colocações em Mato Grosso e na Série D do Brasileiro”, admite.

Na primeira fase, o saldo final contra o Gênus foi de 4×0 para o Costa Rica. Em casa, o time garantiu dois gols e, com isso, se classificou mesmo com o empate em Porto Velho (RO). Agora, ele quer repetir o resultado positivo para chegar tranquilo ao returno. “Com certeza os atletas aprenderam muita coisa, inclusive eu. E, por mais simples que isso seja, vimos que o importante é tentar fazer um bom jogo em casa e sair com vantagem, porque o jogo da volta geralmente é mais difícil”, explica.

O grupo segue todo à disposição do técnico. A diferença é que agora o meio- -campo Thiago Miracema poderá entrar em campo. O atleta estava cumprindo suspensão após inciar briga e ser expulso do jogo contra o Botafogo (PB), vestindo a camisa do Operário, pela Copa do Brasil. Tilico revela que o clube conseguiu reduzir a punição para dois jogos; logo, já está cumprida.

Diferente da Capital, Costa Rica compareceu em peso no Laertão durante a primeira fase. O jogo contra o Gênus teve um público total de 1.070 pessoas, sendo 570 pagantes e o restante convidados. O saldo foi positivo, já que a renda bruta foi de R$ 5,2 mil e as despesas atingiram R$ 2.558, o que deixou um saldo positivo de R$ 2.641,50. (Danielle Mugarte)

Veja também

Governo estadual contempla atletas destaques com bolsas

O governo do Estado, contemplou 190 beneficiários com os kits Bolsa-Atleta e Bolsa-Técnico 2019. Nesta …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *