Vídeos: Patrícia e Adriana tem EP novo e música própria gravada por Maiara e Maraisa

7daf810c-c655-4f22-9854-0f44037b6115

Com mais de 20 anos de carreira a dupla Patrícia e Adriana, de Campo Grande, já teve música gravadas por Maiara e Maraisa e agora estão trabalhando as novas canções de seu trabalho mais recente lançado em EP. Logo vão publicar em seus canais de comunicação e redes sociais seis vídeos, cada um, uma música.

Mas, para começar vamos falar de como a dupla do “feminejo” Maiara e Maraisa deve abrir ainda mais as portas para as meninas talentosas de Campo Grande. Há um tempo, gravaram uma música de Adriana, Marco Aurélio e Paula Matos: “Se olha no espelho”, da dupla mais famosa junto com o falecido Cristiano Araújo. Adriana enfatiza que elas falam que gostam demais delas e que ficaram felizes porque as Lives as aproximaram mais e levaram o trabalho da dupla campo-grandense para uma quantidade ainda maior de pessoas. (Veja abaixo a música citada)

Adriana até tentou aproveitar este período de crise sanitária mundial para compor, mas não deu certo. “A pandemia travou minha parte criativa. O emocional e psicológico me trabalaram. Mas no trabalho novo tem seis músicas de outro período como “Me faz mal, mas eu te amo”. Música minha, do Marco Aurélio e do Vitor Gregório que deve ser gravada por Maiara e Maraisa”, destaca. O tecladista e produtor da banda de Maira e Maraisa já tocou com a dupla Patrícia e Adriana, inclusive, é meu vizinho de Adriana. (Assista abaixo)

Apesar da paradeira por ter sido proibido eventos e shows, Patrícia e Adriana continuaram a trabalhar, fizeram seis lives, gravaram vídeos, músicas novas e alimentaram suas plataformas digitais: youtube, spotfy, instaram e facebook. “A gente espera que os shows voltem para mostrar o que temos feitos”, frisa Adriana. As lives ajudaram, mas não são a mesma coisa do presencial. “O que é cheio de pontos positivos e negativos. Live dá pra ver de qualquer lugar do mundo. Quem gosta da gente nos viu cantando ao vivo e ficou muito feliz. Há visibilidade e alcance maior. Mas, a gente prefere fazer show com algo mais próximo, mais íntimo do público”, revela Adriana. Patrícia vai um pouco além. “Foi um ano muito difícil pra nós porque é muito ruim ficar sem trabalhar com o que a gente ama. As lives foram muito massa de fazer e ajudaram financeiramente. Isso não deixou a gente ficar tão deprimidas. E o bom é que não paramos de produzir. Temos vídeos, músicas e lives salvas no YouTube. Estamos plantando pra se Deus quiser colher os resultados”, avaliou.

Adriana fala da novidade. “Lançamos um EP com oito músicas chamado “Uma linha por vez”. Gravamos nesta terça (6) seis músicas e ainda não disponibilizamos. A música mais tocada atualmente na rádio de forma orgânica é “se for pra você vir”, a primeira que gravamos e divulgamos. Em breve vamos começar a trabalhar a “Bom de Lábia”, que também está indo bem no spotfy”, revela. (Veja o clipe de uma delas e ouça o próximo hit abaixo)

 

“Bom de Lábia” inclusive contém os ingredientes de sucesso nacional e deve virar hits, mas o que mais deve pegar nesta música é a identificação com o refrão. “Se estourarmos vai ser muito bom. Todo mundo que sonha espera realizar em algum momento”, apontou Adriana. Já Patrícia acredita que “estourar” no Brasil está nas mãos de Deus. “Confio muito que algo muito bom vai acontecer depois de tantos anos trabalhando pra levar nossa música aí para o maior número de pessoas que pudermos alcançar”, pontuou.

Tudo de bom que as sustentou este ano, elas atribuem ao empresário. “Nosso empresário, Flávio Guedes, é a engrenagem principal do nosso trabalho hoje. Não sei o que seria de nós sem ele. Ele sempre acreditou que a gente tinha que continuar plantando para quando tudo passar a gente colhesse. Não nos deixou desanimar. Ele é um produtor muito competente. Nosso trabalho tem uma qualidade muito grande e graças A Deus está dando tudo certo, apesar de tudo”, avaliaram.

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *