Vereador e deputado têm projetos para inserir academias como essenciais

O vereador Eduardo Miranda, do Patriota, apresentou projeto de lei à Câmara de Campo Grande para que a prática de atividades físicas em academias seja considerada essencial no município. Ao mesmo tempo, o deputado estadual Herculano Borges (Solidariedade) também apresentou proposta parecida na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul em âmbito estadual. 

A proposta do vereador Edu Miranda foi apresentada na quinta-feira (25), após manifestantes do setor pedirem pela reabertura dos estabelecimentos. Conforme o parlamentar, é de extrema importância que o exercício físico seja reconhecido, pois traz benefícios à saúde da população campo-grandense, mesmo em tempos de crise ocasionadas por moléstias contagiosas ou catástrofes naturais”. 

As academias de Campo Grande tiveram de permanecer fechadas durante uma semana por conta do decreto municipal do “fecha tudo”. A ideia do Executivo é restringir a circulação de pessoas e diminuir o avanço da contaminação pelo novo coronavírus. Por isso alguns feriados municipais foram antecipados e diversos segmentos fecharam as portas para o atendimento presencial. O segmento das academias, que foram consideradas não essenciais, protestou na Governadoria e em frente da prefeitura contra a decisão. 

O projeto tramita normalmente na Casa de Leis e deve ser analisado pelas comissões permanentes, já que não foi pedido regime de urgência para discussão e votação. Para pedir regime de urgência, o parlamentar deve colher 20 assinaturas. A matéria idêntica também será analisada na Alems. O deputado Herculano Borges enfatizou sobre o cumprimento das regras de biossegurança por parte do setor. 

(Confira mais na página A3 da versão digital do jornal O Estado)

Veja também:

Projeto sobre equidade salarial entre homens e mulheres volta ao Senado

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *