Sesau distribui vacinas para unidades de saúde da Capital

Com 2.950 novas doses de pentavalente, a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde Pública) começou a distribuição das vacinas para os sete distritos de saúde de Campo Grande na manhã de ontem (17). A divisão ocorreu de forma igualitária entre as 70 unidades de UBS (Unidade Básica de Saúde), UBSF e CRS destinando um total de 42 doses para cada uma.

Os pais acompanham intensamente a ‘saga’ da vacina, que mal chega nos postos e esgotaram. Sem ter outras possibilidades, alguns optam por aplicar uma nova opção dada pelas equipes, que são as vacinas DTP-Tríplice Bacteriana (Difteria, Tétano e Coqueluche) e hepatite B, no que impacta na imunização de quatro doenças equivalentes a penta, faltando apenas a gripe. No entanto, outros não querem a vacina substitutiva e, para conseguir a pentavalente, percorrem muitos postos.

A professora Aline Santa Cruz, de 29 anos, vem acompanhando a chegada das vacinas e estava no CRS (Centro Regional de Saúde) Tiradentes desde 5 horas da manhã. Ela diz que DTP imuniza apenas contra quatro doenças e ainda não optou por esta vacina, pois tem esperança de conseguir encontrar a pentavalente. “Da outra vez, cheguei no posto e já não tinha mais, dessa vez, cheguei às 5 horas da manhã e, até agora, nenhuma novidade sobre a vacina. Estou com receio de vacinar o meu bebê, que está com a vacina atrasada há um mês com DTP, não pela eficiência e sim porque ela imuniza menos que a pentavalente, porém, essa também está ficando em falta e, se não conseguir encontrar, vou ter que vacinar meu filho com essa mesmo”, disse Aline.

Por outro lado, o entregador Moisés Nogueira, de 35 anos, junto com a esposa buscam há dois meses em diversos postos para encontrar a vacina para filha, que tem quatro meses. “Essa é a primeira dose da vacina que ela está tomando, já tem quatro meses e, por fim, chegamos aqui no UBSF [Unidade Básica de Saúde da Família] 26 de Agosto e encontramos. O atendimento foi rápido e bem-feito, mas essa espera pela pentavalente nos deixou intrigados, pois não sabíamos até quando essa falta iria perdurar”, relata o pai.

Nova remessa nos postos

Conforme a SES (Secretária de Estado de Saúde), o Ministério da Saúde disponibilizou cerca de 31 mil doses de pentavalente para o Mato Grosso do Sul, que foram distribuídos em núcleos regionais de saúde do Estado, micro de Campo Grande e região e as unidades de Corumbá e Ladário. As vacinas foram divididas em dois lotes, o primeiro que foi disponibilizado no dia 10 deste mês e o segundo, que chegou na última quinta-feira (16).

Mesmo com um deficit de 35 mil crianças sem imunização da vacina, a secretaria pontua que as doses da nova remessa serão suficientes para atender a demanda reprimida e ainda ‘sobra’ para cumprir a escala de rotina. De acordo com a SES, o quesito de distribuição pesa nos números dos nascidos vivos em todo o Estado. Além disso, está prevista a chegada de uma nova remessa em fevereiro, mas sem confirmações de datas.

A Sesau recebeu as vacinas e dividiu por igual as 70 unidades de saúde da Capital, disponibilizando cerca de 41 a 42 doses de Pentavalente para cada uma.

(Texto: Graziella Almeida)

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *