Serc estreia dia 15 em Brasileiro Feminino

Arquivo pessoal

Representante de Mato Grosso do Sul estreia no Distrito Federal semana que vem

A CBF divulgou nesta semana a tabela detalhada com todos os times e seus grupos que vão disputar o Campeonato Brasileiro Feminino A2. Além disso, a confederação anunciou os dias e os horários de cada partida. Mato Grosso do Sul terá um representante na competição. A Serc/UCDB (Universidade Católica Dom Bosco) conseguiu a vaga depois de ser campeã pelo estadual, realizado em fevereiro e que contou com apenas três equipes.

O time sul-mato-grossense está no Grupo E, junto com Aliança (GO), Atlético (MG), Cresspom (DF), Juventude (BA) e Mixto (MT). Segundo o técnico da equipe, Luiz Fernando Borges, mais conhecido como “Nando”, é difícil fazer uma análise sobre as equipes em razão das mudanças que são feitas de um campeonato para o outro. “O elenco das equipes mudam muito de um ano para o outro. Difícil falar sobre essas cinco equipes porque eu nem conheço elas, não sei como jogam”, relatou, ontem (5), por telefone.

Ao todo serão 36 clubes divididos em seis grupos. O primeiro jogo será no sábado (15), às 14h (MS), entre Fortaleza (CE) e Tiradentes (PI). A Serc entra em campo no domingo (16), às 14h, contra o Cresspom (DF), no Estádio Maria de Lourdes Abadia, conhecido popularmente como Abadião, em Ceilândia, no Distrito Federal. A última parte da primeira fase está marcada para acontecer no dia 18 de junho.

Os dois primeiros colocados de cada grupo e os quatro melhores terceiros colocados do torneio garantem vagas para as oitavas de final, totalizando 16 equipes. Após a fase de grupos, a CBF irá fazer um novo sorteio para definir os confrontos da segunda fase. Os quatro semifinalistas conquistam acesso direto para o Brasileiro Feminino A1 do ano que vem.

Jogos em fins de semana animam

Em 2020 o time foi goleado em várias partidas, como a da primeira rodada que perdeu por 6 a 0 para o América (MG) e da segunda que enfrentou o Juventude (SP) e perdeu por 5 a 0. A equipe ficou na lanterna do Grupo D com apenas um ponto em decorrência do empate que teve com o Atlético Goianiense (GO) na quarta rodada.

Para este ano, Nando espera uma melhor performance do clube. “Foi o primeiro ano que disputamos e não fomos bem. Devido a pandemia perdemos vários atletas. Outro fator que também atrapalhou foram de que os jogos eram em dias de semana, e com isso algumas atletas não podiam ir por conta do trabalho”, argumenta o treiandor. “Neste ano, com os jogos sendo apenas no fim de semana, espero contar com a equipe completa e ter um resultado bom este ano”, afirmou.

A competição do ano passado terminou em janeiro deste ano em razão da pandemia. O Napoli (SC), pela primeira vez na história do clube, foi o campeão depois de vencer o Botafogo (RJ) nas finais, por 2 a 1, duas vezes. (Texto: Alex Nantes)

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *