Posto de gasolina da Av. Calógeras é flagrado abusando dos preços

Divulgação/ProconMS

Após  receber várias denúncias, uma equipe do Procon de Mato Grosso do Sul penalizou um posto de combustível com várias irregularidades em prejuízo ao consumidor que acostumava abastecer na avenida Calógeras, no centro de Campo Grande.

A principal infração foi a pretenção de lucro nos preços do etanol e da gasolina maior do que a aplicação de reajustes. As provas forma constatadas nas Notas Fiscais que contrariava com os preços registrados nos cupons fiscais de vendas.

No mês de março, duas remessas de etanol recebidas custaram ao fornecedor R$ 3,87 por litro e na segunda, R$ 3,80 o que representa uma queda  de 1,8%. Entretanto, para o consumidor  foi repassado aumento de R$ 0,14 com preços majorados de  R$ 4,06 para R$ 4,20.

Em relação a gasolina, também foi constatado abuso. Outra remessa adquirida custou ao posto de combustível R$ 5,02 por litro, além de outra carga no dia nove, R$ 5,22, o que representa reajuste de 4%. Porém, para os consumidores, o reajuste repassado foi de 8,5%.

O combustível cujo preço para venda  era de  R$ 5.06, passou a ser vendido por R$ 5,50 representando diferença de quarenta e quatro centavos a cada litro.

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *