Por falta de insumos, Butantan não produzirá CoronaVac

Foto: Rafael Serathiuk

O Instituto Butantan suspendeu temporariamente a produção da vacina CoronaVac por falta de insumos. A nova leva de matéria-prima prevista para chegar ao Brasil na próxima sexta-feira (09) foi adiada. Em coletiva de imprensa realizada nesta quarta-feira (07), o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), admitiu o atraso na entrega dos insumos que vêm da China.

A nova previsão de chegada de 6 mil litros de IFA (Insumo Farmacêutico Ativo) é no dia 15 de abril, com capacidade para produção de 10 milhões do imunizante. O motivo do atraso da remessa foi provocado pela intensa campanha de vacinação na própria China, que até então tem o contágio da Covid-19 controlado.

Apesar do atraso na chegada de insumos, o Butantan informou que irá cumprir os prazos estabelecidos com o Ministério da Saúde e se comprometeu a entregar 46 milhões de doses até o fim do mês de abril.

Com 2,5 milhões de doses já prontas, apenas no aguardo do resultado do controle de quantidade, o Instituto Butantan seguirá com a entrega de vacinas na próxima semana.

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *