Pauta fiscal de combustíveis sobe até 20% em MS a partir do dia 1º

Etanol deve ter impacto de R$ 0,14 nas bombas e gasolina, de R$ 0,18 no Estado 

O “gostinho” da queda no preço da gasolina, que voltou a ficar menos de R$ 5,50 em alguns postos de combustíveis da Capital, vai durar pouco aos consumidores. Isso porque, após a pauta fiscal do combustível ficar congelada por um mês no Estado, o novo preço médio ponderado ao consumidor final (PMPF) vai mudar a partir do dia 1° de abril, com impacto de R$ 0,18 nas bombas. No total a majoração da pauta chega a 20% no caso do etanol, que subirá R$ 0,14 no litro.

Conforme o Ato Cotepe/ PMPF n° 9, publicado no Diário Oficial da União (DOU), o valor de referência para a cobrança do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre a gasolina comum passou de R$ 5,02 para R$ 5,64, alta de 11%. A gasolina premium de R$ 6,99 para R$ 7,37, com impacto de R$ 0,11 nas bombas, ou 5,4%. O diesel S-10 de R$ 3,90 para R$ 4,24. O S-500 de R$ 3,83 para 4,16, aumento de R$ 0,04 nos postos.

Já o preço de referência do etanol para cobrança do ICMS saiu de R$ 3,49 para R$ 4,20. Portanto deve ter impacto de R$ 0,14 nas bombas. No Estado, a taxa do ICMS é de 30% para a gasolina, sendo uma das maiores do Brasil.

(Confira mais na página B3 da versão digital do jornal O Estado)

Veja também:

Valendo, decreto estadual determina novas regras de funcionamento para serviços

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *