Paulo Catanante é mais uma vítima da COVID em MS

imagem rádio hora

Paulo Catanante não resistiu às complicações da COVID-19 e após uma parada cardiorrespirátoria, não resistiu e morreu na tarde deste domingo (28), por volta das 13h. A família aguarda para definir sobre velório e enterro seguindo os protocolos em relação a esta doença.

Ele tinha 66 anos e estava internado no Proncor de Campo Grande há mais de 20 dias. Paulo deixa a esposa, quatro filhos e quatro netos. Respeitado pelo seu papel como diretor-presidente do Instituto Brasileiro de Pesquisas de Opinião Pública (Ibrape), era referência na área e requisitado para pesquisas eleitorais.

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *