Papo Pela Vida: Projeto oferta plantão psicológico gratuito

Papo Pela Vida

A iniciativa visa proporcionar às pessoas uma escuta acolhedora e profissional

A pandemia do novo coronavírus (covid-19) continua causando diversos impactos na sociedade, principalmente, na saúde mental das pessoas. Pensando nisso, o projeto “Papo Pela Vida” surgiu no ano passado com o intuito de proporcionar atendimento psicológico gratuito para quem precisa.

Atualmente, a iniciativa tem a colaboração de 24 profissionais que prestam o serviço de forma virtual em diversas regiões do país. O Papo Pela Vida fornece três tipos de trabalho, sendo eles:

 

  1. Palestras/Lives Gratuitas semanais no Instagram sobre saúde mental e emocional, autoconhecimento, autocuidado, inteligência socioemocional, propósito de vida e valorização da vida.
  2. Plantão psicológico individual on-line gratuito com uma escuta qualificada, de caráter breve, focal e circunstancial, não sendo um tratamento psicológico.
  3. Psicoterapia Individual on-line e presencial, com sessões semanais no valor de Tabela Social, de caráter mais aprofundado, abrangente e contínuo, sendo um tratamento psicológico.

 

O Viver Bem entrevistou nesta semana o fundador do Papo Pela Vida, o Psicólogo Clínico e Palestrante, Edinelson Queiroz, 34 anos. O profissional revela como começou e qual é o propósito do projeto. “O Papo nasceu em abril de 2020 bem no início da pandemia justamente pela necessidade de proporcionar às pessoas em tempos de crise uma escuta ativa, acolhedora e qualificada, por meio do trabalho do psicólogo”, conta.

Desde que os atendimentos começaram, Edinelson Queiroz relata que os pacientes sentiram a necessidade de buscar por outros tipos de assistência. Em razão disso, o Papo Pela Vida desenvolveu e disponibilizou mais um trabalho para ajudar a população. “Com o passar do tempo as pessoas começaram a solicitar outros serviços. No caso, algumas delas sentiam a necessidade de darem continuidade na conversa com o psicólogo. Diante disso, lançamos o serviço de Psicoterapia também para poder atender às novas demandas”, explica.

Apesar do aumento significativo na busca por atendimento, o psicólogo afirma que algumas pessoas ainda sentem dificuldades em entender a função verdadeira do profissional, seja por preconceito, desinformação ou tabu. No Papo Pela Vida, aqueles que chegam são orientados sobre o trabalho desenvolvido e a relevância de cuidar da própria saúde mental.

“Nesse sentido, vemos também a importância da psicoeducação em nossa atuação pelo Papo, ou seja, uma forma de acolher, informar, orientar e encaminhar as pessoas sobre a importância dos cuidados para com as suas emoções e sentimentos”, fala.

Saúde mental antes e depois da pandemia

Para Edinelson Queiroz, a crise sanitária mundial é como um “divisor de águas” na história da humanidade e no modo como a sociedade enxerga o profissional da área da saúde mental. “As pessoas a partir de agora reconhecerem e valorizarem ainda mais o trabalho dos(as) psicólogos(as), assim como a atenção e o cuidado com os seus próprios estados emocionais e psicológicos, até por que, não somos feitos só de carne e osso”, expõe.

Na visão dele, é indispensável que a população tenha acesso aos serviços de psicologia e psiquiatria. “A importância de procurar por uma ajuda especializada e profissional é fundamental para o cuidado com as emoções, bem-estar, saúde física e mental”, finaliza.

Serviço

Se você tem interesse em receber atendimento do Papo pela Vida entre em contato no WhatsApp  (67) 99944-0757.  Siga o projeto no Instagram e Facebook @Papopelavida.

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *