Lavar a mão é uma das medidas mais eficazes contra doenças

Lavar as mãos é uma das medidas mais eficazes para evitar a transmissão de doenças infecciosas como o novo coronavírus. Neste sábado (8) subiu para 722 o número de mortes causadas pelo novo coronavírus e para 31.774 o de casos confirmados.

“Quando alguém tosse, pode contaminar o ambiente com o vírus”, explica a infectologista Rosana Richtmann, do do Instituto de Infectologia Emílio Ribas, em São Paulo.

A especialista observa que é com as mãos que as pessoas tocam em vários lugares e essa parte do corpo funciona como um “veículo de contaminação”, define.

Ainda de acordo com infectologista, nesses casos de contato com locais e objetos contaminados, a entrada do vírus no organismo acontece pelas mucosas dos olhos, do nariz ou da boca. Assim, ao passar a mão em locais infectados e, em seguida, em outras partes do corpo, a pessoa pode introduzir o vírus em si mesma.

Por isso, “onde muitas pessoas colocam as mãos, o risco de pegar infecção é maior”, ressalta. Daí a importância de fazer a higiene das mãos “principalmente após passar por lugares onde estiveram muitas pessoas, como catracas e banheiros públicos”, exemplifica.

Uso de máscaras

Já o uso de máscaras, que tem sido adotado por muitos, não é necessário no Brasil. “Neste momento, não é preciso porque não temos nenhum caso confirmado de coronavírus, então não faz sentido”, destaca.

Rosana acrescenta que a máscara é um equipamento de proteção individual: tampa as mucosas do nariz e da boca, portanto previne a transmissão. Por esse motivo, nos países em que já houve contágio, limpar as mãos e usar a máscara são medidas complementares.

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) recomenda apenas para quem trabalha em portos, aeroportos e na fronteira o uso da máscara cirúrgica mesmo quando não existe nenhum caso suspeito de coronavírus.

(Texto: João Fernandes com R7)

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *