Jogadores da seleção criticam Copa América, mas negam boicote

5bc4e44db7939

Os jogadores da seleção brasileira se manifestaram contra a organização da Copa América no Brasil. Na madrugada desta 4ª feira (9.jun.2021), o elenco se pronunciou pelas redes sociais, em uma nota conjunta, criticando a Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol) pela maneira como a entidade se portou após a impossibilidade de sediar o evento na Argentina e na Colômbia, como previsto inicialmente.

Apesar das críticas, os atletas afirmaram que disputarão a competição, que inicia no domingo (13). O Brasil estreia às 18h (horário de Brasília), contra a Venezuela, no Mané Garrincha, em Brasília. Atual campeã, a seleção dirigida por Tite está no Grupo B, ao lado também de Colômbia, Equador e Peru. A convocação para o torneio será anunciada ainda nesta quarta-feira (9).

Entrevista com Tite

Em entrevista depois da vitória do Brasil sobre o Paraguai pelas Eliminatórias da Copa, Tite voltou a se esquivar de temas controversos como o afastamento de Rogério Caboclo da presidência da CBF (Confederação Brasileira de Futebol). Declarou apenas que a situação não influenciou as decisões que foram tomadas por ele ou pelos jogadores.

Tite não comentou sobre o descontentamento dos jogadores com a realização da Copa América. Disse, porém, que não é hipócrita ou alienado. “Não sou hipócrita, não sou alienado e sei que as coisas acontecem. Mas sei dar prioridade. Prioridade é meu trabalho e a dignidade do meu trabalho”, falou.

“Pensei no trabalho, nas exigências que teria, cada dia, cada momento, quem escalar certo. Consultamos, trabalhamos (…). Peguei minha energia toda e fiquei voltado para isso”, declarou.

Questionado sobre qual seria seu limite para permanecer no cargo, respondeu: “Meu limite é da serenidade, da paz. Agradecer a todos do estafe, comissão técnica, grande trabalho que conseguimos realizar. De estar em paz comigo mesmo, respeitar todos. De ter o mesmo cuidado”.

“Temos posições, nós somos, mas temos, agora temos, sim, a grandeza. E talvez o momento particular seja de externar, mas agora não. Agora tem uma seleção, um trabalho, um grupo todo muito importante”, afirmou.

(Com informações do Poder360)

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *