Icterícia: Como tratar a doença hepática em cães

Para evitar que os cães sofram com esse problema, é necessário deixá-los sempre com a vacinação em dia

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, a icterícia não é uma doença e sim um sinal clínico que o pet pode apresentar quando está doente. Para entender melhor sobre os problemas de saúde que levam o cachorro ou gato a um quadro de icterícia, é importante entender o que é isso.

De acordo com a professora do Curso de Medicina Veterinária da Uniderp Dina Regis Recaldes, a icterícia é um termo técnico para o cachorro que apresenta mucosas ou pele amarelos repentinamente.

“A pigmentação amarelada é decorrente da deposição de bilirrubina em tecidos em razão da elevada concentração plasmática. Se os níveis ficarem muito altos, o sangue pode mudar de cor; eventualmente, as gengivas, as áreas rosadas da pele e a parte branca dos olhos também ficarão amarelas”, explica a docente.

Icterícia é um achado clínico comum a várias doenças. Em cães mais escuros, pode ser menos perceptível do que em cães com pelo mais claro, gengivas mais claras ou pigmentos de pele mais claros.

(Bruna Marques)

Veja Mais:

Exercícios físicos como prevenção e tratamento de doenças crônicas

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *