Game de tiro do Exército brasileiro pode custar R$ 3,8 milhões

jogo-exercito

O Exército brasileiro vai criar um game on-line de tiro em primeira pessoa por, pelo menos, R$ 3,8 milhões. A previsão é que o montante seja investido entre 2021 e 2023. Já o suporte técnico entre os anos de 2023 e 2026 terá o preço de R$ 442 mil. O jogo foi nomeado de “Missão Verde-Oliva”.

As informações foram publicadas pela Isto É, citando o jornalista e colunista do Metrópoles Guilherme Amado como fonte. O projeto visa aumentar a popularidade do Exército entre o público mais jovem, principalmente entre 16 e 24 anos.

Segundo o colunista, as informações vieram da diretriz de aprovação do game, publicadas no boletim do Exército no começo deste mês. A diretriz cita ainda que deverá buscar possíveis parcerias com “empresas estratégicas de Defesa” para viabilizar patrocínio para o projeto.
As informações são de que o jogo será contratado por licitação ainda em 2021 e a empresa terá que ser brasileira para concorrer.

Na história do game, o jogador vai combater um invasor fictício.

 

Projeto

O Globo Esporte já havia publicado, em junho de 2020, que o game não deve ter muito sangue e vai visar o combate urbano, menos em áreas de vulnerabilidade social. A previsão é que uma partida dure, em média, duas horas.

Entre as inspirações para jogo estão Counter Strike, Fortnite e Rainbow Six Siege. Segundo a publicação na época, é previsto que o game seja gratuito e tenha suporte para até 15 mil pessoas jogarem ao mesmo tempo.

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *