Doses da nova vacina devem ser usadas em grávidas

Foto: PMCG

As 7.020 doses do imunizante Pfizer/BioNTech contra a COVID-19 estão previstas para chegar a Mato Grosso do Sul no começo desta semana e serão destinadas somente para Campo Grande. Segundo a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde Pública), a princípio, o imunobiológico será aplicado primeiramente nas gestantes. 

Na sexta-feira (30), a Prefeitura de Campo Grande ainda se preparava para a chegada da vacina que exige cuidados especiais, como o armazenamento em temperaturas de pelo menos -75ºC. O ultrafreezer cedido pela UCDB (Universidade Católica Dom Bosco) para a prefeitura foi levado até o almoxarifado da Sesau. Foi necessário o uso de uma retroescavadeira e de um guincho para locomover o equipamento, que possui capacidade de armazenar até 30 mil doses da vacina Pfizer/BioNTech.

Conforme a Sesau, a Prefeitura de Campo Grande tem um freezer em sua câmara fria, que atinge a temperatura necessária para acondicionamento da vacina Pfizer/ BioNTech. Caso haja necessidade, poderá utilizar outro equipamento da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul).

A vacina Pfizer/BioNTech é a que apresentou maior taxa de eficácia, de 95%. Ela foi a primeira a obter registro sanitário definitivo pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), em fevereiro deste ano. Como as doses do imunizante precisam ser armazenadas a temperaturas de -75ºC, só serão entregues à Capital, pois o município possui estrutura para aplicar essa vacina.

Novas doses

Na sexta-feira (30), o governo do Estado recebeu a previsão da chegada de uma nova remessa de vacinas contra a COVID-19 durante este fim de semana. O 16º lote deve ser composto por 88.100 doses de imunizantes, sendo 5.600 da CoronaVac e 82.500 da AstraZeneca. 

Com o novo lote, Mato Grosso do Sul soma 908.560 doses recebidas de imunizantes. Um relatório da Opas (Organização Pan-Americana da Saúde) aponta que Mato Grosso do Sul apresenta o maior percentual de aplicação de doses recebidas no país. 

O levantamento destaca que das 753.510 doses recebidas pelo Estado do Ministério da Saúde, até o dia 27 de abril, 688.186 foram aplicadas. O índice de aproveitamento de doses utilizadas foi de 91%, deixando Mato Grosso do Sul como único Estado do país a estar acima de 90%.

(Confira mais na versão digital do jornal O Estado)

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *