Desodorantes naturais conquistam adeptas de estilo de vida saudável

A adoção de estilos de vida mais saudáveis está na pauta do dia. Seja na escolha do que vai ao prato ou repensando os hábitos de consumo. No caminho dessa tendência mundial, a troca de produtos industrializados por opções naturais e caseiras ganha força. Na área da beleza e dos cuidados pessoais, um dos itens mais populares certamente são os desodorantes naturais. 

Mas será que o desodorante natural é mesmo eficaz? Indicado para todo mundo? A fisioterapeuta, especialista integrativa e coordenadora dos cursos de Farmácia e Fisioterapia da Anhanguera Campo Grande, Gisele Leite Abreu, esclarece estas e outras dúvidas.

“Desodorantes naturais são livres de produtos químicos e metais pesados, como por exemplo, o alumínio. Podemos encontrar ele em spray, pedra de sal, cristal ou creme. Usando eles estamos livres de produtos tóxicos, que geram diversos prejuízos ao nosso organismo, é uma alternativa sustentável e também não são testados em animais”, revela a especialista.

O desodorante tradicional, daqueles que compramos em farmácia, se tornou trivial na rotina de homens e mulheres, o item é o novo vilão da beleza e quiçá da natureza. Segundo a docente, os antitranspirantes impedem a transpiração e têm uma série de componentes que são prejudiciais à saúde. 

“Alguns desodorantes são também antitranspirantes, a transpiração é essencial para que possamos eliminar além do líquido que está em excesso no nosso organismo, algumas toxinas, que é uma forma de excreção, como por exemplo, a urina, então quando usamos um antitranspirante fazemos com que essas toxinas não sejam liberadas”, explica.

Desodorantes naturais vêm exatamente para neutralizar o odor que é provocado não pela transpiração, mas por bactérias que estão presentes principalmente na região da axila e da virilha, que são regiões onde transpiramos mais. 

“Esses desodorantes são aprovados pelos profissionais da área da saúde, principalmente aqueles que trabalham na área integrativa, em que visão alimentação e a utilização de produtos mais naturais possíveis. Lógico que uma hora ou outra não vamos escapar de produtos que são tóxicos ao nosso organismo, mas que possamos conseguir eliminar alguns”, conclui. 

Aprovados por quem usa

A designer de unha acrílica Giovana Tomazela, 35 anos, usa desodorante natural há quase dois anos e afirma que já se adaptou com o novo estilo de vida e que, mesmo em dias mais quentes, o produto não decepciona. 

“No primeiro dia quando troquei para o desodorante natural, levei um susto, ficava me cheirando o tempo todo para conferir se estava fedida, mas não estava, mesmo no calor de Campo Grande, o desodorante natural segura muito bem”, comenta. Giovana substitui o desodorante convencional pelo leite de magnésia, pois não se adaptou com os em pasta. Em sua página nas redes sociais, ela ensina receitas e dá dicas de como o produto pode ser usado. 

“Coloco em um pote de spray e pronto, o leite de magnésia sozinho é eficaz, mas se a pessoa quiser misturar com algum óleo essencial que goste do cheiro ou que tenha alguma função antibactericida, também é ótimo, como, por exemplo, o óleo de melaleuca. Também dá para colocar um pouquinho de bicarbonato de sódio e diluir um pouco na água para facilitar a aplicação no spray”, ensina e indica em seu Instagram (@naosouveganamasqueroser). 

Quem também optou pelo uso do desodorante natural foi a administradora Aime Martins, 31 anos. Preocupada com a saúde e principalmente com o meio ambiente, há dois anos ela vem mudando hábitos e preferindo produtos mais saudáveis. 

“Venho tentando adaptar minha rotina de cuidados de produtos para o corpo, rosto e cabelo, optar por produtos que sejam mais saudáveis, ou seja, produtos veganos, que não fazem testes em animais e que sejam livres de vários produtos químicos tóxicos que infelizmente muitos desses cosméticos industriais tem, como é o caso dos desodorantes”, comenta.

Aime conta que tem a pele sensível e nunca gostou dos cheiros fortes que os antitranspirantes traziam, e se adaptar com o novo produto foi fácil.

“Achei um desodorante que era tudo que eu queria, não tem cheiro, elimina as bactérias do suor, me sinto segura e muito confortável usando ele, sabendo que estou usando algo que me traz segurança, que não me dá alergia. Sempre investi em bons produtos por ter uma pele mais sensível.”

(Bruna Marques)

Veja Mais:

Rainha das quentinhas de MS concorre a Prêmio Dólmã da gastronomia brasileira

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *