Campeã Mundial no basquete, Ruth morre de Covid em MS

Reprodução/Facebook

Campeã Mundial pela Seleção Brasileira de basquete no time de estrelas que contava ainda com Paula e Hortência, em 1994, Ruth Souza, aos 52 anos, morreu na manhã desta terça-feira (13) em decorrência da Covid-19.

Ela estava internada desde o final de março na cidade de Três Lagoas, onde morava. A ex-atleta foi intubada na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) de um hospital do município no dia 2 de abril. A morte sconteceu por volta de 6h30 e foi confirmada pela família.

Além do título Mundial pela seleção, Ruth foi campeã ainda do Pan-Americano de 1991, disputado em Cuba e disputou as Olimpíadas de Barcelona no ano seguinte.

CBB

No portal da CBB (Confederação Brasileira de Basquete), um texto em homenagem à ex-jogadora foi publicado.

“Guerreira, Ruth Roberta de Souza buscava os mais difíceis rebotes para o Brasil. Foram anos e anos defendendo a Seleção Brasileira feminina com seu talento e garra. Nesta terça-feira, 13 de abril, às 6h30 da manhã, contudo, perdemos nossa ídola. Ruth Roberta de Souza nos deixou aos 52 anos, por complicações da Covid-19. Ruth estava internada desde o início do mês, chegou a apresentar um quadro de melhora, mas suas funções vitais pioraram nos últimos dias”.

Vice-presidente da Confederação e companheira de Ruth na seleção, ‘Magic Paula’ também comentou sobre a morte.

“Perdi uma amiga, com uma história de vida de muitos desafios, mais jamais perdeu sua doçura e sempre com seu jeito humilde e eficiente na convivência em grupo. Dia muito triste para mim. Ruth fazia parte da minha família e sempre recebida com carinho, como merecia. Que ela faça esta passagem com muita luz” disse.

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *