Animais também sofrem com o ressecamento de patas e cotovelos

Foto: Ilustrativa

Para que o problema não evolua, causando transtornos para seu peludo o indicado é hidratar diariamente

Assim como os humanos, cães e gatos também sofrem com o ressecamento de patas e cotovelos. O problema é muito comum na vida dos pets e pode acontecer por diferentes motivos. Um deles é a falta de hidratação adequada nas regiões, seja após os passeios ou por causa de uma exposição solar excessiva.

De acordo com a professora do curso de Medicina Veterinária da Anhanguera, Débora Marques, o tecido adiposo que compõe as almofadas nas patas dos cães tem a função de proteger do tempo frio e do calor.
“Essas regiões, no entanto, estão sujeitas a ressecamentos e queimaduras que podem formar bolhas se o pet andar por superfícies quentes, por exemplo, podendo sofrer irritações caso entre em contato com produtos químicos ou sujeira. Também há risco de lesão por objetos, como espinhos, cacos de vidros e outros materiais”, explica.

Cães estão mais propiciosos a terem patas e cotovelos ressecados e o inverno contribui para o problema. Débora revela que calos de apoio em cães têm origem no contato da pele com superfícies duras, afetando joelhos, cotovelos e patas. “Dentre os principais fatores estão o piso e o peso do animal, sendo que os calos podem evoluir e gerar complicações”, elucida.

Para que o problema não evolua, causando transtornos para seu peludo como feridas, coceiras frequentes e até calos que podem provocar dor no animal, alguns cuidados merecem plena atenção do tutor.
“Seu pet deve ser estimulado a beber bastante água, já que a água é essencial, evitando a desidratação no inverno, bem como o ressecamento. Vista seu pet com roupinhas, em especial aqueles que têm pelos muito curtos. Essa medida vai ajudar a aquecê-los, pois o frio é um dos principais motivos do ressecamento. Reduzir a exposição ao sol, evitar excesso de banho, verificar se ele está com alergia e outras doenças, conferir se não há presença de parasitas”, orienta.

Hidratante para pets

Esse produto geralmente é indicado para manter as regiões mais secas do corpo do animal sempre hidratadas. Os componentes presentes nele que ajudam a evitar o ressecamento das patas são, principalmente, o D-pantenol, aloe vera e óleo de calêndula. Além deles, outros ingredientes naturais podem ajudar a manter o efeito de hidratação na pata de cachorro ressecada. É possível encontrar diferentes tipos de produto, tanto em forma de spray quanto em forma de loção. Atenção: hidratantes de uso humano não são permitidos, porque podem causar alergias na pele do animal.

*Bruna Marques

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *