20 outubro 2020, 19:44
Crédito: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Taxa média de juros para famílias cai, diz Banco Central

As Estatísticas Monetárias e de Crédito divulgadas nesta segunda-feira (28) pelo Banco Central (BC) revelam que as famílias pagaram taxas de juros mais baixas em agosto.

A taxa média de juros para as pessoas físicas no crédito livre chegou a 39% ao ano, recuo de 0,9 ponto percentual em relação a julho. Já a taxa média das empresas ficou estável em 12,4% ao ano.

A taxa do crédito pessoal (não consignado) chegou a 70,3% ao ano, com redução de 12 pontos percentuais em relação a julho. Os juros do crédito consignado caíram 0,1 ponto percentual para 18,9% ao ano. A taxa do cheque especial chegou a 112,6% ao ano em agosto, queda de 0,9 ponto percentual em relação a julho.

Os juros médios do rotativo do cartão de crédito também diminuíram. A taxa chegou a 310,2% ao ano, com queda de 1,8 ponto percentual. No caso do rotativo regular, quando o cliente paga pelo menos o valor mínimo da fatura, a taxa chegou a 270,3% ao ano, queda de 8,9 pontos percentuais.

Veja também: Inadimplência atinge mínima histórica de 3,3% em agosto

(Texto: com informações da Agência Brasil)

Veja também

Preço do arroz começa a estabilizar, diz Cepea

Pesquisadores do Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada) indicam que indústrias, insatisfeitas com …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *